Rei de Ouros

segunda-feira, 29 de fevereiro de 2016

Bom dia! :-)

Dias estranhos, diferentes, porém felizes. Esta poderia ser uma das explicações para esta postagem estar aparecendo por aqui somente agora. Diante de toda a disciplina que me é exigida para poder cumprir tudo que preciso cumprir, algumas "dobras temporais" têm surgido e me permitido dedicar um pouquinho de tempo a mim mesma, coisa rara de se ver por aqui! E eu agradeço sempre!

Hoje, olhando para aquele 6 de Espadas de ontem, que não consegui compreender muito bem a princípio, começo a vislumbrar um processo de transição existente. Vejam... Eu disse que ele já é existente, não disse que começou agora. Porém, somente agora me dei conta dele.

Enquanto procurava a imagem para a postagem de hoje, percebi que dois animais apareciam com frequência nos milhares dos Reis de Ouros que existem por aí: o touro e o lobo. O touro fica fácil de entender... Um animal muito associado ao elemento terra e ao signo astrológico de mesmo nome que, inclusive, traz uma descrição de personagem bastante parecida com nosso soberano aqui. Já o lobo, referência nem tão óbvia, faz sentido para mim no aspecto familiar, na simbologia que fala de segurança, estabilidade e estrutura.

O Rei de Ouros é, atualmente, meu Rei preferido. Aquela coisa Aganju, de vou rezar pra nunca perder esta estrutura que é você. E confesso que olho em volta e tenho muita dificuldade de enxergar Reis de Ouros de um modo geral, seja em que setor for. Tenho visto muitos homens Príncipes, em primeiro lugar... E quando são Reis, de um modo geral, ficam entre os intelectuais-racionais-teóricos (Rei de Espadas) e os românticos-sensíveis-apaixonados (Rei de Copas), tanto em um quanto em outro temos o mesmo tipo de problema: falta senso prático e ação. Vez por outra encontramos os criativos-espiritualizados-cheios de atitude (Rei de Paus), mas aí vem de "bônus" o gênio ruim ou a viagem na maionese. É claro que o ideal é que sejamos sempre o equilíbrio entre os quatro elementos, mas, vocês sabem, nós seres humanos andamos bem longe do ideal.

Hoje, segunda-feira regida pela Lua, a grande dica é realizar algo de concreto na espiritualidade ou em termos de magia. Confesso que ainda não tive uma ideia brilhante, mas tem algo transitanto em minha mente e que tem muito a ver com a experiência de ontem de noite através do uso de um chá composto cuja fórmula eu intuí ... Hora de bruxices, crianças! Hora de bruxices!

Ótima segunda para todos nós

A imagem veio daqui

6 de Espadas

domingo, 28 de fevereiro de 2016

Bom dia! :-)

Hoje, temos outro seis passeando pelo Via Tarot. Os seis dos quatro naipes, como já disse algumas vezes, são cartas que transmitem uma energia positiva, uma certa leveza, até mesmo sob influência do naipe de Espadas, o mais problemático dos Arcanos Menores.

Se ontem tivemos alegrias e diversão, misturadas com trabalho (e por aqui teve foi trabalho, mas abençoado com sorrisos), hoje o dia corre mais tranquilo, no ritmo da transição. Muitos pensamentos, reflexões e planos, mas sem ansiedade.

Quando olho para esta carta, lembro sempre daquela sensação estranha (que costumo ter com frequência), de perceber que algo está para acontecer, algo bom, mas que não temos ideia de onde virá e nem o que será.

A falta de visão clara do que está por vir é resultante do ponto de vista que temos: no meio do trajeto, no meio do rio, sem enxergar mais a margem que deixamos e nem a margem adiante, onde vamos aportar. O desejo de controle total sobre tudo que nos acontece será nosso único inimigo, capaz de trazer alguma angústia. Mas se deixarmos isso de lado e aceitarmos a famosa máxima "relaxa... Nada está sob controle" tudo fica deboas. ;-)

Como o domingo tem regência solar, tudo tende a clarear e seremos capazes de perceber que esta transição é menos de fatos e situações e muito mais uma transição do ser. Estamos em transformação, estamos transmutando, gente! E isso é muito bom!

Ótimo domingo para todos nós!

A imagem veio daqui

6 de Copas

sábado, 27 de fevereiro de 2016

Bom dia! :-)

Vocês ainda se lembram que estamos em ciclo de Imperatriz? Sim, sim! E se ontem a energia da Água estava mais dispersa diante de tantas opções, hoje temos um caminho mais fluido para seguir. O 6 de Copas é, sem dúvida, uma das cartinhas mais gostosas dos Arcanos Menores.

Hoje, a energia que nos abraça no Via Tarot é de leveza, diversão, alegrias. Algo tão prazeroso que nos rejuvenesce na energia, algo que nos traz sorrisos tranquilos, com aquela sensação de que a vida é bela sim.

Olha que interessante: esta energia leve com todo este frescor aparece por aqui em um sábado de Saturno, a regência planetária da seriedade, da responsabilidade e do trabalho. E aí? Como faz?

Bem, eu vou dizer pra vocês como eu estou fazendo desde o momento em que acordei. Pulei da cama e resolvi "hoje é dia de arrumar a casa!" Em poucos minutos eu recolhi a roupa da corda, coloquei mais roupa para lavar, guardei as roupas que estavam espalhadas pelo quarto, tirei a agenda de cima da cômoda, separei papéis, o namorado deu uma força lavando a louça, respirei fundo, preparei o café da manhã e já avisei "hoje, vou entrar naquele escritório e organizar a papelada. E vou dar um jeito nas alquimias, ervas e frascos que estão gritando por organização". Tudo isto com um sorriso nos lábios e a sensação gostosa de que quando se arruma a casa, se arruma a vida.

A vida adulta traz responsabilidades e obrigações que nem sempre são a coisa mais divertida do mundo. Mas quando acolhemos dentro de nós o aspecto criança feliz, somos capazes de realizar tudo isso com alegria e gratidão e a vida fica muito mais leve!

Aproveito carona para dizer que hoje é aniversário do meu pai e da minha amiga-irmã Leandra, duas pessoas muito queridas e importantes na minha vida. Que a energia do 6 de Copas esteja presente para os dois durante todo este novo ciclo que se inicia. Amém.

Feliz sábado!

A imagem veio daqui

7 de Copas

sexta-feira, 26 de fevereiro de 2016

Bom dia! :-)

Ainda no ciclo de Imperatriz e sob influência da regência venusiana, hoje, o 7 de Copas tem muito mais o aspecto de "aproveitar os prazeres da vida" do que o tal conflito "intuição X ilusão". Cabe um comentário resultante da experiência de 25 anos de tarot: na prática, o 7 de Copas (pelo menos pra mim), normalmente, se refere à dificuldade de se fazer uma escolha, porque tudo parece tão agradável, tão apetitoso... E ficamos em dúvida, sem saber se aquilo ali é uma bênção ou uma armadilha. Mas não se pode descartar aqueles 30% de vezes em que o 7 de Copas era "uhu, vamos aproveitar a vida!"

Então, hoje é um dia assim! Por isso eu escolhi cuidadosamente a imagem ao lado. Olhem só o conforto da moça! Sombra e água fresca ou sombra e vinho em temperatura ambiente...rs

Nem preciso dizer que já estou em contagem regressiva para abraçar esta energia, né? Estou precisando muito, muito mesmo, desta energia leve, gostosa, prazerosa. E creio que todos nós aqui estejamos em um período puxado em termos de trabalho, seja ele profissional ou pessoal, interior, e merecemos uma hora do recreio bem legal.

A proposta de hoje é a permissão para que o prazer e a diversão invadam nossas horas. Tenhamos a generosidade (lembram da carta de ontem?) em relação a nós mesmos o suficiente para recebermos esses benefícios. Nós merecemos!

Boa sexta, galera! 

A imagem veio daqui

6 de Ouros

quinta-feira, 25 de fevereiro de 2016

Bom dia! :-)

Ontem, sem dúvida, foi um dia interessante. Noves fora bolsas pesadas e celular quase perdido, eu diria que foi um dia de tomada de consciência do que é ser uma Imperatriz, não como reflexo de uma Mulher Maravilha, mas como o aspecto mais forte e verdadeiro de ser mulher.

O 6 de Ouros que aparece por aqui hoje como um grande (e sábio) recado do tarot está nos dizendo: por favor, permitam que a ajuda chegue! Por favor, sejam mais generosos com vocês mesmos! Receber ajuda não é sinal de fragilidade, é sinal de bênção!

Passei muitos anos me recusando a pedir ajuda. Depois, a vida ficou tão acostumada ao fato de eu rejeitar apoio alheio, que mesmo quando eu queria, a ajuda não vinha. Finalmente, mais anos passaram e eu fui tomando juízo...rs Aprendi a olhar para mim mesma com mais generosidade, percebi que a mesma generosidade que gosto tanto de oferecer aos outros, pode ser também recebida com muita gratidão. Com isso, a vida concluiu "ah, sim, ela agora quer trocar generosidade... Que bom!" E tenho tido o imenso prazer de vivenciar esta via de mão dupla de generosidade no meu dia-a-dia.

Lembretes: hoje damos o primeiro passo no ciclo de Imperatriz, o que nos avisa que coisas tendem a frutificar... e hoje é quinta-feira, dia em que o Grande Benéfico Júpiter vem nos brindar com a sua presença, o que significa que este 6 de Ouros, certamente, virá como bônus, bênçãos e benefícios para nós. Em que setor da vida? Qualquer um e todos! O que é certo é que esta generosidade será percebida de forma inequívoca!

Gratidão! Gratidão! Gratidão!

Ótima quinta para todos nós!

A imagem veio daqui

Livre Arbítrio, Reclamações & Sabedoria

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2016

Há um bom tempo não escrevo artigos por aqui.. E hoje, sob a regência da Imperatriz, fui totalmente envolvida por questionamentos em um momento que foi puro reflexo deste Arcano: enquanto eu fazia compras no supermercado, depois de um dia puxado na escola e antes de chegar em casa e concluir uma consulta por email. Esta junção entre a mulher que tem profissão e a mulher que tem uma casa para administrar é a cara da Imperatriz.

Foram sete bolsas, algumas delas bem pesadas. As mãos estavam doloridas e o corpo cansado. Um pensamento veio a galope! Lembrei das palavras do meu filho, na época com 9 anos, diante da minha tentativa frustrada de abrir um portão pesado, debaixo de chuva e da minha reclamação hidratada em lágrimas (eu havia me separado do primeiro marido há poucos meses) "que droga! Por que eu não tenho força?!" Ele me disse assim, capricornianamente: "você quis se separar, agora não tem um homem forte para abrir o portão".

O tempo passou e eu casei novamente, e descasei outra vez... E, em um primeiro momento, pode mesmo parecer que ter um homem ao lado, ter um marido, resolve muitos problemas, especialmente aqueles que envolvem a necessidade de força física ou altura, ainda mais para quem tem 1.57m, como eu. No entanto, se eu olhar para o passado, é fácil perceber que nos 20 anos em que estive casada, somando os dois relacionamentos, esta presença masculina acolhedora e protetora era mais ficção do que realidade.

Ter um marido ou não pouco importa quando somos mulheres em um tempo em que nos cobramos independência, seja pessoal, material, emocional ou mental. E os homens, por sua vez, percebendo isso, foram se acomodando pouco a pouco. Descobrir o culpado é bobagem... Até porque, pelo que posso perceber, homens e mulheres andam insatisfeitos com as relações. É como se algo estivesse fora do lugar, mas ninguém percebesse, exatamente, o que.

Caminhando pela rua até o carro, pensei que tudo nesta vida é questão de escolha, o tal livre arbítrio, e que talvez carregar bolsas pesadas fosse um preço justo a se pagar pela autonomia, pela liberdade de decidir o que fazer e quando fazer.  Ao mesmo tempo, percebia que dentro de mim havia um monte de pontos de interrogação. O que eu quero de verdade? Lembrei de todas as vezes em que fui ao supermercado com meu namorado. Ele sempre se apressa em pegar todas as bolsas, sim, ele é um homem gentil...rs E, sim, provavelmente, se morássemos juntos, ele assumiria todas as tarefas mais pesadas, todas aquelas coisas que para mim são verdadeira tortura, mas que o cromossomo Y dele administra com muita tranquilidade.

O que me faz ter tanto receio de dividir a vida e o espaço com alguém? Provavelmente, as experiências anteriores, quando vi diante de meus olhos, o cuidado, o carinho e a atenção se dissolverem lentamente, dia-a-dia. Quando vivemos sozinhas, assumimos todas as responsabilidades e não podemos culpar o outro pelo que dá errado. Mas talvez eu seja um modelo antigo de mulher que, apesar da independência, da força e da capacidade de me virar sozinha, ainda sente falta de ser cuidada e protegida de alguma forma. O desafio é olhar para isso como algo natural, ao invés de me sentir fragilizada ou incapaz.

Mulheres reclamam... Sempre! Independentemente do fato de terem um homem ao lado ou não. Creio que isso tem a ver com os hormônios...rs E os homens sábios, não importa a idade que tenham, olham para isso com generosidade. Prova disso foi a atitude do meu filho que diante do meu cansaço e do choro súbito (eu pensei ter perdido meu celular, mas ele estava dentro do carro), saiu de casa correndo para me acudir. Pegou todas as compras, me acalmou e com o celular na mão ligou para o meu número - surpresa! o celular tocou em algum canto debaixo do banco do carro. Ele entendeu de uma forma doce e sensível que eu gritava por socorro, que apesar de eu assumir todas as responsabilidades da casa com bravura, ainda sou uma mulher que chora porque tudo parece estar dando errado.

Isso me faz pensar que o peso que sinto sobre meus ombros, vez por outra, é resultado muito mais da minha forma de sentir as coisas, do que da omissão dos homens que me acompanham. Meu pai, sempre que o carro dá problema ou quando fervo a cabeça por algum problema, rapidamente vem em meu socorro. Ele é um homem antigo... E dos bons! Com uma autoridade benevolente que faz com que tudo pareça se resolver magicamente, ele me dá uma segurança confortável, me faz sentir protegida. Meu namorado, nestes seis meses em que estamos juntos, já me pegou no colo, literalmente, e me acalmou, quando tudo parecia perdido. Me ofereceu carinho e massagens para que o stress fosse bater em outra freguesia e já prometeu, inclusive, desentupir os queimadores do fogão, aqueles insuportáveis, que insistem em me deixar com menos opção para cozinhar. E meu filho, da mesma forma que me procura quando suas dúvidas emocionais resolvem tirar seu sono, também me ampara dizendo "calma, mãe... vamos resolver isto".

O livre arbítrio e a liberdade são coisas muito importantes para mim. Mas também sei ser grata quando sou cuidada, quando me dão colo, quando a presença masculina se apresenta para fazer aquilo que parece ser um tormento. As reclamações continuarão a existir porque, afinal de contas, sou mulher e uma mulher de 48 anos, com seus hormônios rebeldes e temperamentais, mas mesmo as reclamações duram pouco quando coloco a sabedoria para funcionar. Escolho ser feliz todo dia. E a minha felicidade depende de mim. Mas é bom saber que existem outras pessoas que também prezam por ela e se oferecem, graciosamente, para que ela se mantenha intacta. Se feliz é saber que em alguns momentos as coisas não são perfeitas, mas até a imperfeição pode ser bela quando compartilhada com quem se ama.


A Imperatriz

Bom dia! :-)

Como vocês podem perceber, tivemos um ciclo relâmpago! O Eremita nos absorveu ontem, mas nos liberou ao final do dia. E saímos desta energia tão introspectiva e lenta para uma energia absolutamente contrária, comunicativa e ágil.

Bem, apesar de a minha terça-feira ter sido introspectiva, ela não foi nada lenta! A correria que sempre cito como presente na rotina da escola, entre novembro e fevereiro (normalmente atingindo seu pico em dezembro e janeiro) este ano está dando uma péssima impressão de que não terá fim...rs Mas foi impressionante a leveza e a tranquilidade que consegui manter o tempo todo. Ando orgulhosa de mim! :-)

Hoje, vamos usar de maneira especial um dos aspectos da Imperatriz, pois ele é o foco da quarta-feira de Mercúrio: a comunicação. Eu diria que a Imperatriz possui três pilares: 1) a fertilidade 2) a criatividade 3) a comunicação e, claro, outros aspectos que surgem como desdobramentos desses primeiros.

Sou totalmente suspeita para falar qualquer coisa sobre a Imperatriz, pois sou apaixonada por este Arcano! Pensar em uma poderosa energia feminina que transita entre a natureza e a civilização, entre o lar e o espaço ao ar livre, entre a maternidade e a vida profissional, a cozinha e a cama, pelo menos pra mim, é algo muito, muito especial. Ela é a mulher sedutora, a mãe cuidadosa, a profissional criativa que se comunica muito bem, é o símbolo de tudo aquilo que é vida e traz vida. Como não amar esta mulher?

A proposta é usar de forma muito sábia (com aquela experiência que o Eremita nos transmitiu ontem) todos os talentos da Imperatriz através da auto expressão ou, ainda, falar e escrever sobre todas estas incríveis riquezas que o universo feminino é capaz de oferecer. Uma reunião de mulheres cai muito bem, a conversa com as amigas, atividades lúdicas com filhos, momentos amorosos com o/a parceiro/a... tudo isso está valendo, viu?

Aproveitemos, pois, a presença desta linda por aqui!

Ótima quarta para todos nós!

A imagem veio daqui

O Eremita

terça-feira, 23 de fevereiro de 2016

Bom dia! :-)

O ciclo está, oficialmente, mudado. Estamos adentrando o universo do Eremita em plena terça-feira de Marte, o que parece bem curioso, afinal de contas temos aqui energia antagônicas em ação. Enquanto o Eremita é calmo, tranquilo, centrado, sábio, Marte é agitado, stressado, impulsivo e apressado.

Sempre que este tipo de encontro de energias acontece, costumo comentar que acontece um certo equilíbrio, uma Temperança está implícita na relação...rs A maior dica de hoje, sem dúvida, é a utilização do melhor aspecto de cada um dos nossos "amigos".

Eremita contribui com a experiência, a sabedoria e a incrível paciência. Marte vem com a agilidade, a determinação e capacidade de tomar decisões. Juntos, eles podem realizar coisas incríveis nesta terça-feira.

Bem, dito isto, lá venho eu com uma historinha... Senta, que lá vem a história! rs

Ontem, eu acordei bem, mas cansada. Isso não mudou em nada o fato de eu ter que levantar, preparar o almoço, correr para o trabalho na escola, trabalhar numa batida monstro, e ainda gravar uma consulta e um complemento de consulta ao chegar em casa. Em determinado momento, quando cheguei em casa depois do trabalho, eu me deitei na rede por alguns minutos, olhei para o céu muito cinza e pensei "o dia está horrível de cinza e chuvoso, eu corri o dia inteiro, mas algo dentro de mim é tão feliz". Foi então que eu mergulhei pra dentro de mim e pedi, sinceramente, para que eu restabelecesse a minha energia, física e mental, para que pudesse continuar minha maratona noturna. Fiquei nesta meditação durante uns 20 minutos e quando me levantei da rede era uma outra pessoa. Consegui fazer tudo que precisava e estou agora escrevendo esta postagem com uma sensação muito, muito boa.

Esta é uma percepção que sempre me emociona, a magia cotidiana que quase não acessamos. Temos muito mais poder do que imaginamos. Mas não pedimos, preferimos reclamar. Alguém pode estar se perguntando: pedir pra quem? Pedir para nós mesmos, ora! Pedir para nosso Deus Interior. Tive algumas experiências muito interessantes em conversas com o meu...rs Em momentos de stress, pedia "me acalma... agora... reduz, reduz, reduz esta velocidade" Em momentos de insegurança, eu pedia "me dá um sinal, bem claro... me acolhe e estabiliza". E os resultados sempre foram impressionantes.

Alguém percebeu alguma sintonia entre o que eu falei sobre Eremita e Marte e o relato que acabei de escrever? Pois é... Minha atitude foi bem Eremita e meu dia foi Marte. Como eu consegui fechar o dia com a sabedoria de harmonizar as duas energias, encerrei o meu dia feliz, com a missão cumprida e o sorriso nos lábios. A proposta para esta terça-feira é exatamente esta! ;-)

Vamos?

A imagem veio daqui

10 de Copas

segunda-feira, 22 de fevereiro de 2016



Bom dia! :-)

Pois é... O vídeo acabou não rolando. O excesso de chuva, o excesso de gente na casa dos meus pais e o excesso de conversa boa (que chato, heim...rsrs) acabou impedindo a gravação. Mas resolvi trazer para a postagem de hoje, assim, por escrito mesmo, um pouco de outras reflexões que ando tendo, resultantes de muita observação ao longo dos anos e que se encaixam bem no 10 de Copas em dia de Lua.

Como o 10 de Copas fala sobre o amor maduro e a Lua não fala somente de magia e espiritualidade, mas também de sentimentos, emoções, memórias, vamos falar sobre aquela situação muito frequente de pessoas que se apaixonam, iniciam um namoro e daí a pouco se veem em uma confusão mental e, frequentemente, decepção diante de uma pessoa que não coube no seu sonho (salve, Cazuza! rs). Em alguns casos, o/a meliante agiu de má fé mesmo...rs Mas, na maioria das vezes, as pessoas resolvem enxergar no outro somente o que elas gostam e se esquecem que certas características costumam vir acompanhadas de outras que não passam no seu controle de qualidade.

Exemplos práticos? Já ouvi diversas mulheres afirmarem que homens bonzinhos são chatos, não são sexies, que elas gostam de cafajestes que têm "pegada". Daí, depois de umas pegadas, o cara vai pegar em outra mulher e elas ficam tristes, desoladas. "Por queeeeee? Por que ele fez isso comigo?". Ora, meu bem, porque ele tem pegada... e não caráter! Tão simples de entender...

O ser humano quer ter o controle de tudo que acontece em sua vida, isso inclui escolher alguém por determinadas características, mas acreditar que será capaz de transformar outras características que estão incluídas no pacote. Ao se apaixonar por um homem aventureiro, misterioso, cheio de surpresas, a mulher acredita que ele será capaz, por amor, de se transformar em um marido exemplar, que deixará seu grupo de amigos e seus hobbies para sair com ela; que, com o tempo, toda aquela energia será direcionada para a relação, a casa e a família. Pode acontecer? Pode... Mas a lógica diz que provavelmente não será este o desenrolar da história. Da mesma forma, um homem se apaixona por uma mulher linda, tremendamente vaidosa, que frequenta academia, é "caliente"... a possibilidade dessa mulher não querer ter filhos (para não "estragar o corpo"), preferir baladas ao invés de cozinhar para ele, será grande. A história pode ser diferente? Pode... Não quer dizer que seja impossível, mas é bastante improvável.

Alguém pode me dizer: você está sendo preconceituosa, está julgando as pessoas! E eu respondo: não... estou usando a lógica pura! Estou falando de algo que incomoda bastante a maioria das pessoas, que é o fato de o ser humano, de um modo geral (com algumas raras e preciosas exceções), não mudar muito durante a vida. Ele pode ficar mais responsável, pode amadurecer em vários aspectos, mas mudar radicalmente seus gostos e tendências de personalidade é algo difícil de se ver. Então, tudo que estou dizendo aqui é: não se apaixone por alguém por algumas das suas qualidades, pensando que ele ou ela vai mudar, por amor, totalmente outras características que te incomodam.

Um outro detalhe que as pessoas costumam colocar para debaixo do tapete é: quando começar um namoro, olhe bem para a pessoa escolhida, grave em detalhes como ela é... Provavelmente, esta será a melhor versão dela que você vai conhecer! Como diz, frequentemente, minha amiga Val "a intimidade é um caminho sem volta"...rs E é! Se tudo der muito certo nesta relação, vocês vão se amar muito mais com o passar dos anos, vão se conhecer, construirão coisas juntos e o sentimento poderá se refinar em um nível quase sublime. Mas não se esqueça: a não ser que você esteja incluída (o) na exceção, a melhor versão da pessoa que está com você será apresentada no começo do namoro. É a fase de campanha, lembrem-se! E a não ser que você tenha desenvolvido a incrível habilidade (acho incrível porque eu nunca consegui desenvolver) de se mostrar sempre como uma pessoa misteriosa, indecifrável e sedutora, a campanha vai acabar, assim que seu par perceber que já pregou no seu coração a placa onde está escrito "propriedade particular".

A esta altura tenho certeza que tem gente aí pensando "mas o que aconteceu com a Cacau, aquele doce de pessoa, romântica e sonhadora?"rs Ela está aqui, minha gente, só que na versão 4.8...rs O tempo ensina e o grande desafio do 10 de Copas é olhar para as relações com maturidade, lógica e sabedoria, sem deixar de amar, sem deixar de fazer a sua parte para que a relação melhore sempre, mas tendo a consciência de que se o outro lado da história não fizer o mesmo, a receita pode desandar. Este é o recadinho de hoje...

Mas, ok, se vocês quiserem trabalhar o 10 de Copas sob o aspecto mágico existem muitos rituais interessantes. E se quiserem trabalhar sob o aspecto espiritual - isso pode ser mais complexo - deixem de lado aquela listinha de características do par perfeito... O par perfeito não existe. O que temos aqui é, basicamente, duas pessoas que se amam e que querem ficar juntas, todo o resto é construção... lenta, profunda e perseverante. E ainda assim é uma das melhores coisas da vida.

Ótima segunda-feira para todos nós!

A imagem veio daqui


4 de Ouros

domingo, 21 de fevereiro de 2016

Bom dia! :-)

Algumas coisas acontecem em seu ritmo, tempo e lugar de uma forma espetacular. O meu sábado correu totalmente leve, preguicento, fora do padrão Rei de Espadas e fora da expectativa 4 de Ouros. Até de noite! E foi justamente naquele horário em que o Arcano do dia e o Arcano do dia seguinte começam a se misturar, que eu comecei a senti-los de verdade.

Uma das minhas amigas mais queridas e especiais me manda um whatsapp comunicando que aquilo que eu vi na mandala de aniversário que fiz pra ela estava se materializando. Eu tinha visto que um dinheiro em quantidade elevada, significativa, entraria e possibilitaria a resolução de uma série de questões materiais que, no momento, pareciam sem solução. E, como sempre, na hora em que vemos estas coisas não percebemos de onde elas vêm. Pois bem... O dinheiro veio! Ela vai poder comprar seu carro, dar uma reforma boa na casa e ainda guardar um troco. Fiquei tão feliz! Duplamente feliz: primeiro, porque ela merece... Mesmo! Segundo, porque eu consegui enxergar isso, de alguma forma, cinco meses antes.

Olhei para esta situação e vi o 4 de Ouros concretizando, dando estabilidade, estrutura, segurança material de uma forma justa, equilibrada e através do empenho de um advogado (Rei de Espadas). Me pareceu tão perfeitinho, que não poderia deixar de relatar isso por aqui. :-)

Pois bem... Então vamos falar de um 4 de Ouros em um domingo regido pelo Sol. O olhar é para o Eu, nossa essência maior, e existem aqui três aspectos diferentes que podem ser abordados: 1) o alerta para que não estejamos apegados demais a algumas facetas superficiais do nosso eu (o com "e" minúsculo), deixando de enxergar em profundidade o que o nosso Eu pretende realizar; 2) a análise sobre o que construímos até hoje em termos de trabalho interior, onde chegamos desde que começamos a olhar para nós mesmos como um ser em construção; 3) qual a manifestação física e concreta que está pedindo para vir à tona a partir da nossa essência, ou seja, o que nos somos em essência que ainda nao manifestamos concretamente na vida?

Hoje, o dia pede reflexões profundas entre o lado mais sutil e o lado mais concreto do nosso ser. E, creio, isso acabe rendendo uma pequena vídeo postagem até de noite. Vamos ver se o 4 de Ouros ajuda a concretizar isso. Quanto às sugestões dadas até agora, já anotei todas elas e venho pensando nos novos temas para gravar, agradeço, novamente, a todos que deram a sua contribuição. Aproveito a carona para avisar (já que hoje é dia de energia bem prática e objetiva) que a agenda para esta semana que começa já está fechada e que ainda tenho uma vaga para consulta, ainda com o valor antigo, na segunda-feira, dia 29/02. A partir de terça-feira, dia 1º de Março os horários disponíveis estarão com novo valor de consulta, depois de mais de um ano sem reajuste.

Ótimo domingo para todos nós!

A imagem veio daqui

Rei de Espadas

sábado, 20 de fevereiro de 2016

Bom dia! :-)

Para quem já se esqueceu, faço questão de lembrar: ainda estamos em ciclo de Estrela, tá? Isso quer dizer que ainda estamos recebendo benefícios de sorte, de inspiração e de conexão com o aspecto mais essencial e divino que temos em nós.

Hoje, é a vez do Rei de Espadas dar o ar da graça. Este moço traz uma série de conceitos em relação aos quais devemos pensar. O primeiro deles é a justiça, o agir de forma correta. O segundo tem a ver com a capacidade intelectual e o senso de lógica. O terceiro envolve os estudos, as pesquisas e todo tipo de aquisição de conhecimento.

Vamos nos lembrar, também que no sábado estamos sob a regência de Saturno, planeta que possui uma energia harmoniosa com o Rei de Espadas. Enquanto o primeiro contribui com a responsabilidade e a concretização, o segundo utiliza o seu conhecimento e sua ponderação.

Observando tudo isso, pode-se concluir que hoje é um excelente dia para desenvolver planejamentos e a melhor forma de colocar um projeto em ação ou crescer profissionalmente. Está claro que a qualificação profissional, que os escritos (os que desenvolvemos ou lemos) serão de significativa relevância para que os resultados positivos surjam.

Bem, esta chuva que não para por aqui colabora para que o movimento seja para dentro e não para fora, inclusive para dentro de casa e não na rua, no parque, ao ar livre. Isso estraga um pouco os meus planos de fazer uma nova gravação de vídeo postagem, porque sempre curto muito as gravações junto à natureza. Por outro lado, podemos pensar em algo mais intimista, vou refletir sobre isso hoje com meu videomaker preferido...rs

No mais, aproveitem o sábado, porque ele sempre é um dia em que temos mais tempo para nós mesmos, nossas ideias e projetos.

Sabadão diferentão para nós... filósofos da tarde gris... intelectuais de boteco... fiscais da natureza... contadores de gota de chuva... críticos de DVD... reis e rainhas do lar. ;-)

A imagem veio daqui

Ás de Ouros

sexta-feira, 19 de fevereiro de 2016

Bom dia! :-)

Eu já falei pra vocês que meu dia preferido da semana é sexta-feira? Pois é! Adoro aquela sensação de trabalhar mais relaxada e tranquila, adoro chegar em casa, dar uma ajeitadinha em tudo, ver como o filhote está, tomar um banho gostoso e seguir de carro pra casa do namorado, ouvindo música e cantando, em um trajeto de uns 20 minutos, numa estrada que costuma estar vazia, cercada de verde e com um céu estrelado. É o momento em que falo pra mim mesma: "ah, que delícia! Esvaziar a cabeça de trabalho e serviço de casa, e tenho dois dias pela frente em que eu posso cuidar de mim, fazer as coisas por mim". Sexta-feira a tarde é o prenúncio da alegria.

Esta sexta-feira é um pouco mais especial. Hoje, completo seis meses de namoro. Isso já seria bom, mas além disso tem o fato de eu ter acreditado durante um tempo que não voltaria a me sentir tão bem com alguém e, de repente, descobrir que era um engano. Li, certa vez, em algum lugar, que o amor na maturidade é muito melhor do que na adolescência. Concordaria 100% com isso não fosse a falta do namoro de tarde em dia de semana...rs Chegou uma época da vida que luxo, pra mim, seria namorar de tarde em dia de semana... Passear com o namorado em plena luz do dia, com os raios de sol abençoando cada sorriso. Mas, tirando esse pequeno detalhe, eu concordo: os sentimentos que vivemos na maturidade possuem uma beleza incrível. Não somos mais ingênuos, tolos, exagerados, não esperamos príncipes encantados e princesas adormecidas, não jogamos para o outro a responsabilidade de sermos felizes. E, por outro lado, nos permitimos pequenas loucuras, nos sentimos rejuvenescidos, amados e capazes de amar.

Ontem, durante o caminho do trabalho pra casa, estava pensando na mudança espantosa dos meus sentimentos. Afetivamente, posso dizer que tive um tipo de adolescência tardia. Até os trinta e poucos anos, queria viver movida à paixão e acreditava que o relacionamento perfeito era aquele em que a paixão se mantivesse indefinidamente. Depois, dos trinta e poucos até os quarenta e poucos, achava que o foco da relação era a pessoa, que se encontrássemos a pessoa certa, mesmo que a paixão não perdurasse eternamente, estaríamos felizes. O tempo e as experiências de vida me mostraram que: 1) não existe paixão eterna (graças aos deuses todos) 2) não existe pessoa certa 3) relação é construção diária de ambos os envolvidos. Hoje, vários ícones caíram por terra como o famoso "fulano faz meu tipo físico" ou "devo me relacionar com alguém parecido comigo". Prova disso é que meu namorado não faz meu tipo físico, toma coca-cola que nem água, come carne e não gosta de "naturebices"...rs E ainda assim estar com ele é tão bom, que não consigo me imaginar com qualquer outra pessoa. Aprender a gostar do que é diferente e se permitir sentir sem pre-julgamentos tem sido um aprendizado maravilhoso. Sou profundamente grata! Ao universo, a mim mesma que fui capaz de atrair um relacionamento que mistura lindamente aprendizado, doçura, amizade, respeito, admiração, conversas profundas, tesão, bom humor (ficaria horas enumerando outros itens) e ao meu namorado que me ama do jeito que eu sou, que não implica com a minha necessidade de liberdade e de estar sozinha vez por outra, que me apoia no trabalho, que ri das minhas chatices carinhosamente, que fica com vontade de me dar uns tapas quando eu começo a me autocensurar e auto criticar, mas que ao invés disso me pega no colo e diz "eu só queria que você conseguisse se enxergar através dos meus olhos". Mas vamos parar por aqui antes que eu comece a chorar...rs

O amor é algo inexplicável, é fato. É algo sobre o qual não temos muito controle, já dizia o ditado "ninguém manda no coração". Mas o relacionamento pode ser explicado, administrado, podemos ter controle sobre nossos atos e palavras (a não ser que estejamos falando de alguém com sérios problemas psiquiátricos). Podemos escolher a pessoa com quem nos relacionamos e podemos escolher que tipo de relacionamento queremos ter. E, como vocês sabem, boas escolhas são feitas quando temos experiência e experiência adquirimos com as escolhas ruins. O nome disso é maturidade, o nome disso é sabedoria.

O Ás de Ouros em uma sexta-feira de Vênus tem a ver com tudo isso que acabei de escrever: é a mistura da emoção com a razão, a mistura do sentimento, do pensamento e da ação, é como expressamos em termos práticos o amor. E a vida mostra que em um relacionamento o quanto se ama pode ser bem menos importante do que o como se ama. Ter esta percepção bem clara pode mudar tudo.

Como eu comentei, dia desses, com meu amigo Igor, no FB, citando Cazuza: "o amor na prática é sempre ao contrário". As idealizações, as projeções e expectativas caem por terra quando o amor acontece de verdade, no mundo real. E quando desconstruímos os sonhos românticos e ainda assim o mundo fica mais colorido e perfumado quando estamos ao lado de alguém, então meus queridos, isso, sem dúvida é amor.

Que a sexta-feira seja amorosa e verdadeira, real.

A imagem veio daqui


7 de Ouros

quinta-feira, 18 de fevereiro de 2016

Bom dia! :-)

Então a gente começa o ciclo de Estrela com o 7 de Ouros, mostrando que o que foi plantado (com a Estrela) pode até levar um tempinho para ser colhido, mas a colheita será farta.

Isso me faz pensar que tudo aquilo que a gente faz como expressão da nossa essência, com a parte mais bela e pura que temos, sempre funciona! Funciona bem e traz resultados práticos gratificantes.

Nem preciso dizer que adorei a imagem, né? Uma bruxinha interagindo energeticamente com a planta... Como o 7 de Ouros tem toda uma analogia com os ritmos da natureza e a fertilidade da terra, achei que encaixou perfeitamente.

Hoje é quinta-feira, o dia da semana regido pelo Grande Benéfico Júpiter. Fica claro que o poder que podemos desenvolver está muito associado a duas coisas: 1) o elemento terra 2) a paciência e a perseverança no trabalho quando temos um objetivo claro.

Como Júpiter também colabora com um pouco de sorte, dá para apostar que o processo de colheita, normalmente lento, terá uma ajuda extra, um empurrãozinho mágico. Outra coisa que não podemos esquecer é que, levando-se em conta que na quinta-feira o contato com as autoridades deve ser exercitado, é provável que nosso trabalho, esforço e empenho seja reconhecido por chefes, superiores e pessoas de influência. Pra mim, a sincronicidade está associada a um pensamento que tive ontem no trabalho: tenho feito além das minhas atribuições, inclusive puxando pra mim a responsabilidade de algumas tarefas que, originalmente, são do meu companheiro de trabalho (já que ele tem trabalhado bastante também e essas tarefas já estavam fazendo falta para o bom andamento do administrativo da escola). E pensei: "poxa... eu estou fazendo isto porque sinto que devo fazer e estou fazendo até deboas, mas seria tão bom se em algum momento este esforço a mais fosse reconhecido..." Agora, olhando a Estrela e o 7 de Ouros creio que isso possa mesmo acontecer.

Que a quinta-feira seja de paciência e perseverança, confiando nos bons resultados.

A imagem veio daqui

A Estrela

quarta-feira, 17 de fevereiro de 2016

Bom dia! :-)

Sorrisinho a postos porque a Estrela chegou! Estava mesmo precisando da energia dela por aqui. Existem três Arcanos Maiores que me alimentam: a Imperatriz, a Estrela e o Sol. Quando elas aparecem eu fico mais feliz só pela presença. São energias de vida, leveza e alegria que eu adoro.

Depois de um dia bem disciplinado, sob influência do 9 de Paus, consegui colocar coisas em ordem e trabalhar bastante sem me stressar. Um daqueles dias que até quando alguém se aproxima querendo briga, a gente reverte a situação. Um casal, ontem, chegou na secretaria da escola pronto para arrumar confusão! O senhor estudou lá na escola na década de 70 e queria seu histórico. Acontece que na enchente de 2000, a água entrou na escola e toda a documentação se perdeu. A orientação que recebemos foi encaminhar as pessoas para uma outra escola, do Estado, que resolveria a situação. Acontece que a resolução inclui fazer provas para tirar um novo certificado e o tal senhor não estava nada disposto a isso. Chegaram de cara feia, querendo atrito e saíram agradecendo e rindo. Adoro fazer isso com as pessoas! rsrs

A carta da Estrela aparece por aqui mostrando que o mundo que vivemos é o mundo que construímos. Quando alguém está negativo, reclamando da vida ou remoendo em silêncio suas dores, se esquece, normalmente, que a vida está se apresentando como resultado do que esta pessoa fez ou deixou de fazer no passado. Simples assim! Plantamos e colhemos. E, como dizia um amigo, não dá para plantar bananas e querer colher laranjas. É, não dá mesmo!

A energia da Estrela nos traz leveza, beleza, alegria. Ela é simples e seu valor está nisso, como aquela sensação de plenitude quando fazemos pequenas e corriqueiras coisas, mas estamos tão repletos de amor e gratidão que a vida parece um sonho. Tenho me sentido assim: grata e feliz por coisas simples... Planejando crescer, expandir, realizar, mas tendo a consciência de que já sou feliz. Porque a felicidade está dentro, se não a encontramos dentro, certamente não encontraremos fora.

Como estamos sob regência de Mercúrio nesta quarta-feira, possivelmente a Estrela se mostrará através de conversas, leituras e arte. E eu já tenho um programa marcado com o filhote e o namorado: cinema! Mas acredito que no decorrer do dia tenhamos sinais interessantes com a assinatura da Estrela, como golpes de sorte, acesso a percepções sutis da nossa essência e situações em que seremos tomados por uma confiança sobrenatural... Sobrenatural porque está além do natural, além da confiança que costumamos ter...rs

Que venha a Estrela e que a quarta-feira seja linda!

A imagem veio daqui

9 de Paus

terça-feira, 16 de fevereiro de 2016


Bom dia! :-)

Não sei se vocês entenderam o recado, mas eu entendi! Depois do domingo agitado e inspirado, depois de uma noite de sono complicada, em função da edição do vídeo e tudo mais, e em função do trabalho na escola, que continua uma loucura (deve continuar até o final do mês), eu deveria já estar dormindo e com a postagem já programada, até porque tenho uma consulta às 8h 30min. Então, o 9 de Paus, que fala tanto da disciplina e da importância de colocar o foco no equilíbrio e na harmonia, está me puxando a orelha! rs

Para o bem de todos e felicidade geral da nação, serei breve! :-)

Hoje, dia marcado pela enregia guerreira de Marte, a proposta do tarot é que consigamos colocar a vibração do 9 de Paus para funcionar, organizando ideias, determinando prioridades e segurando o impulso. O 9 de Paus, definitivamente, não é apressado, inconsequente e nem irresponsável. Ele nos ensina como equilibrar nossas inquietudes, ele pondera sobre a indignação, ele coloca foco e ordem na nossa energia.

Lidar com o Fogo não é para os fracos. Nem para os medrosos. Nem para aqueles que não se permitem mudar. O fogo do 9 de Paus é um fogo brando e constante, transformador. Ele nos leva a patamares mais elevados, nos permite um empoderamento diante da vida, nos permite fazer aquilo que, realmente, queremos fazer. E essa seria uma boa definição de disciplina, pelo menos pra mim é.

Que a terça-feira seja de realização consciente e madura.

A imagem veio daqui

Via Tarot Nova Fase

segunda-feira, 15 de fevereiro de 2016


Eu prometi e cumpri! rs

Depois do primeiro vídeo, que foi mais um teste, um laboratório que serviu para que novas ideias se apresentassem, brotassem, cá está o vídeo que inaugura esta nova fase. Gostaria de fazer um agradecimento público ao Eduardo Maia, que filmou, editou (se entusiasmou e pirou, no melhor dos sentidos) e ficou até às 4h da madrugada trabalhando para que hoje eu pudesse publicar o vídeo em um dia mágico de Sacerdotisa. Dudu, grata por estar comigo nesta nova fase, por me motivar quando estou cansada e penso em deixar pra depois, pelo profissionalismo e a capacidade de improvisar enquanto ainda não estamos com todos os melhores equipamentos e recursos.

Bem, agora vou ficar aqui, aguardando as sugestões de temas para os próximos vídeos! ;-)

Gratidão imensa a todos vocês que fazem parte da Família Via Tarot.


A Sacerdotisa

Bom dia! :-)

A sincronicidade é algo que me assusta às vezes. De onde vem tamanha precisão? Ontem, meu dia foi de 6 de Copas, junto à família e me divertindo muito fazendo novas filmagens para um novo vídeo. Sim! Teremos outro vídeo por aqui! E este projeto de filmagens é algo que está me transformando em criança, uma criança risonha e feliz. A passagem de domingo para segunda foi de magia leve, de energia pura de criança curiosa descobrindo um novo mundo. O 6 de Copas se mistura com a Sacerdotisa, enquanto ele dá mais entusiasmo e alegria, ela dá mais sabedoria e espiritualidade.

Nossa amiga chega na segunda-feira mais extrovertida, efeito do Arcano do dia anterior. Ao mesmo tempo, sua vontade de olhar a vida como um grande ritual está presente de uma forma inequívoca. Aliás, pensei algum tempo se deveria lançar o vídeo hoje, pois esta sábia mulher é conhecida e reconhecida pelo seu silêncio. No entanto, toda a magia que está por trás de cada vídeo novo que publico me convenceu que hoje é, exatamente, o dia em que este vídeo deve ir ao ar.

Hoje é um daqueles dias perfeitos para a Sacerdotisa dar o ar da graça! Uma segunda-feira, com regência lunar que nos leva a divagar e vivenciar a magia e a espiritualidade, é o dia ideal para levantarmos todos os temas da Sacerdotisa. 

Vamos começar com uma pergunta fundamental: o que você tem feito para trazer magia ao seu cotidiano? Você já percebeu que nos fatos mais corriqueiros estão os momentos mais preciosos que temos? Minha bruxa mestra e (o destino é irônico...rs) saudosa sogra dizia que devemos fazer magia sempre, porque a vida é um grande ritual. Foi ela que me ensinou como cozinhar magicamente, limpar e arrumar a casa magicamente, andar na rua magicamente, dormir magicamente... E foi a partir daí que eu percebi que os dias podem ser iguais, mas as experiências bem diferentes. Em um dia em que estamos desconectados, tudo parece sem graça, sem vida, tudo parece profundamente monótono ou, por outro lado, stressante demais. Mas no dia em que estamos conectados, acordar é uma poesia, trabalhar é uma aventura e limpar e arrumar a casa, sem dúvida, um ato de amor. :-)

Vamos nos conectar espiritualmente e vamos "magiar", como dizia uma amiga. A segunda-feira está aí, inclusive, com uma lua no céu digna das mil e uma noites! Aproveitemos, pois...

Ah, sim... E aguardem a postagem do vídeo que vem logo a seguir, Deus sabe que horas, porque estamos aqui às voltas com a edição...rs

A imagem veio daqui

6 de Copas

domingo, 14 de fevereiro de 2016

Bom dia! :-)

Esta sequência de Copas está incrível! Fechamos o domingo com o harmonioso 6 de Copas, uma carta que traz em si a energia da alegria, da brincadeira, da diversão, como em um tempo passado, quando somos mais leves, mais inocentes e, por isso mesmo, mais felizes.

Depois de passarmos por um Rei e um Príncipe de Copas já estamos mais fluidos, permitindo que as coisas aconteçam com menos interferência racional. Então, chegamos no 6 como uma confirmação de que fomos tomados pela vibração do elemento Água e que os prazeres são bem vindos.

Isso me fez ter a vontade de explicar os diferentes prazeres de acordo com cada elemento. Não sei se vocês já pensaram sobre isso, mas é bem interessante.

O prazer do Fogo é, talvez, o mais conhecido... Ele é intenso e apaixonado, ele transcende e é algo totalmente arrebatador. O prazer do Ar é aquele que faz com que tenhamos um incrível bem estar porque compreendemos algo, porque conseguimos entender certo processo, porque nossa mente clareou de tal forma, que acreditamos entender todos os mistérios da vida. O prazer da Terra é outro igualmente conhecido, voltado para as coisas mais carnais, como o prazer de comer, o prazer sexual, o prazer de ver seus desejos materiais atendidos. E o prazer da Água é um prazer que pode falar daqueles sentimentos bons que tomam nosso corpo, o enamoramento, o amor profundo, as lembranças tão gostosas, o sentimento de pertencimento (a si, a um grupo de pessoas, a um lugar...)

Conseguem perceber de que tipo de prazer estamos falando hoje?

Juntando tudo isso com a regência solar do domingo, teremos, provavelmente, momentos muito bons, leves, prazerosos que de alguma forma nos mostram um momento do passado feliz e que vão contribuir para um conhecimento ou reconhecimento de uma parte de nós mesmos. Aqui o autoconhecimento se desenvolverá de uma forma lúdica e este aprendizado será muito positivo. Acreditem!

Domingão lindo para todos nós!

A imagem veio daqui

Príncipe de Copas

sábado, 13 de fevereiro de 2016

Bom dia! :-)

Para quem já estava feliz com a presença do Rei de Copas ontem, imagina agora em que acumulamos esta energia amorosa com estes dois personagens de Copas? Uma outra coisa curiosa é que ontem a regência do dia da semana era mais leve, Vênus, e surgia um equilíbrio com a maturidade do Rei de Copas e hoje temos o Príncipe de Copas, todo faceiro...rs dando equilíbrio à regência do sábado, Saturno, que é mais séria.

O Príncipe de Copas é a expressão mais ousada da afetividade, da paquera, da sedução, isso todos já sabem. Mas não sei se todos sabem que este personagem é também um grande romântico, um sonhador. Se soubermos direcionar esta energia de uma forma positiva e harmoniosa, ao invés de termos um don Juan inconsequente, teremos um rapaz sensível, apaixonado e idealista.

Como estamos em um sábado, quando colocamos o foco nos projetos e na vida profissional, bem como demais temas que exijam responsabilidade e atitudes pragmáticas, este mocinho poderá ser o toque de encantamento e idealismo nessa tarefa mais séria. Não sei vocês, mas eu creio, de verdade, que é fundamental tornar o dia a dia mais leve e alegre. Até aquele trabalho rotineiro pode se transformar em algo mais gostoso, tudo depende de como nos relacionamos com ele.

Meus primeiros pensamentos são: qual o projeto que me faz suspirar? Qual é o sonho que eu gostaria tanto de tornar realidade? Como eu posso transformar minha atividade profissional em prazer e diversão?

Eu tenho tantas ideias aqui... Melhor começar a anotar! E recomendo o mesmo a vocês. Muitas vezes, nestes momentos em que nos permitimos voar um pouco, descobrimos coisas incríveis e possíveis! Vamos então?

Ótimo sábado para todos vocês!

A imagem veio daqui

Rei de Copas

sexta-feira, 12 de fevereiro de 2016

Bom dia! :-)

Sempre que um personagem de Copas aparece na sexta-feira de Vênus é impossível não dar aquele sorrisinho de satisfação. Não importa se temos aqui Princesa, Príncipe, Rainha ou Rei, ou seja, não importa se na base temos elemento Fogo, Ar, Água ou Terra, esta base está sendo influenciada diretamente pela Água. Isso quer dizer que vamos, necessariamente, lidar com os conceitos associados a este elemento. Tradução? Teremos sentimentos, emoções, sensibilidade, fluidez, sutileza... Mas também teremos (e poucos olham para este aspecto) manifestações místicas, mágicas, sensitivas.

No Rei temos o aspecto mais concreto, estruturado e maduro daquele naipe. Quando este Rei representa um homem, uma personalidade, pensamos logo em alguém sensível, artista, místico, acolhedor, carinhoso, romântico. E quando juntamos isso com uma sexta-feira de amorzinho a sensação é boa. :-)

Se eu disser que não se deve esperar namoro, romance e momentos prazerosos nesta sexta-feira, estarei mentindo. Ok, podemos esperar tudo isso... E eu estou bem esperando...rs Mas quero fazer vocês irem um pouco mais além, ampliando a visão em relação a este Arcano.

O Rei de Copas pode expressar uma situação mais agradável, diplomática, amistosa... E também pode apontar para percepções mais sensíveis e espiritualizadas. Aqui cabe uma explicação mais aprofundada: no Fogo, no naipe de Paus, temos a espiritualidade como centelha divina, essência, conexão com um sentido mais sutil da vida, enquanto na Água, no naipe de Copas, temos mais a expressão disso tudo, como a mediunidade, a magia, a intuição.

Hoje é um bom dia, por exemplo, para praticar com oráculos, para fazer um pequeno ritual (de amor?) e para se permitir sonhar e mergulhar em águas mais profundas.

Sigam-me os bons! ;-)

Ótima sexta-feira de amorzinho para todos nós!

A imagem veio daqui

O Eremita

quinta-feira, 11 de fevereiro de 2016

Bom dia! :-)

Imaginem se eu poderia perder a oportunidade de postar esta imagem...rs Um Eremita de Mestre Yoda é tudo que se quer! A única coisa que não entendi foi o número 12 colocado no Arcano, pois o Eremita é o 9 e o Enforcado é o 12 e, pelo menos na minha opinião, o Yoda não é o Enforcado de jeito maneira! Ele é mesmo o Eremita.

Durante muito tempo, eu olhava para o Eremita e enxergava apenas o seu aspecto mais óbvio, a solidão, mas depois de tantos anos estudando e trabalhando com o tarot, fui percebendo que este Arcano não se restringe ao isolamento. O Eremita fala de alguns temas de forma marcante: 1) a experiência adquirida ao longo do tempo, o que faz dele uma referência de sabedoria e não de conhecimento. Isso quer dizer que ele não tem conhecimento? Claro que não! Quer dizer apenas que o foco está na sabedoria 2) a passagem lenta do tempo, ou seja, ele sempre pode representar demora, um processo que exige paciência 3) a necessidade de fazer uma pausa para refletir sobre algum tema ou situação.

Quando pegamos a energia do Eremita e trazemos para a quinta-feira do Grande Benéfico Júpiter, temos, certamente, possibilidades interessantes que incluem a ajuda inesperada de alguém mais velho e sábio, uma ajuda que poderá fazer toda a diferença. Além disso, não podemos desconsiderar qualquer envolvimento com religiões e/ou filosofias que tragam solução para um questionamento interior, nem o uso de uma experiência anterior a seu favor. Mas, relendo tudo que acabei de escrever, tenho a sensação de que ainda é pouco para o que o dia nos reserva. De alguma forma, tenho a sensação de que estamos falando de algo maior, mais intenso e profundo. Se alguém tiver uma ideia do que seja, por favor, cartas à redação...rs

Que a quinta-feira seja de aquisição de sabedoria.

A imagem veio daqui

2 de Ouros

quarta-feira, 10 de fevereiro de 2016

Bom dia! :-)

Na trilha do Mago, parece que uma das sugestões ou oportunidades existentes tem a ver com mudança. Esta mudança pode ser maior ou menor, de acordo com a nossa permissão e iniciativa. É certo que nada mudará se nada for feito. Mas a partir do momento em que a consciência estiver clara e a vontade apontar o caminho, a pergunta que resta é: por que não? Por que não agir? Por que não ousar?

Tudo isso está muito afinado com algumas reflexões que fiz, ontem, deitada na rede, olhando para as estrelas no céu. Muitas vezes eu deixo "a vida me levar vida leva eu" porque, de fato, não tenho certeza do que quero ou até sei que gostaria de algo, mas não sei o quanto... Não sei o quanto estou disposta a pagar por isso... Sempre que este tipo de dúvida surge, é melhor ter cautela.

Ontem, percebi que sou feliz assim mesmo, do jeitinho que está, mas ao mesmo tempo me pergunto: mas é só isso? Ir vivendo assim? Não tem um incrível trabalho desafiador? Não tem aquela coisa inesperada e mágica? E o papo de missão? E o grande projeto, aquele que dá todo sentido e propósito à existência? Minha ambição é bem outra, já percebi... Enquanto a maioria das pessoas sonha com casarão, carrão, coisas de griffe, celular que serve o café da manhã e sugere o look do dia, eu gostaria de não precisar me preocupar em pagar o aluguel e nem me preocupar e gastar dinheiro com um carro velho, pra poder me dedicar a coisas que considero realmente importantes. Ou seja, quando penso em conquistas materiais, penso em formas de minimizar minha atenção com as contas a pagar para que eu possa me dedicar mais a essas coisas incríveis (que nem sei direito quais são ainda...rs)

Aí vem a pergunta que não quer calar: será que eu ainda não sei porque a parte prática não está solucionada? Ou será que a parte prática ainda não está solucionada porque eu ainda não sei?

O 2 de Ouros é uma carta que diz assim: dê o primeiro passo... mesmo que não consiga ver direito para onde ele está te levando. Se existe dentro de você esta vontade de mudar, comece! E a vida fará o resto! Então este é o grande conselho que o tarot está nos dando hoje. Vamos dar o primeiro passo... Vamos ousar um pouquinho.

Ótima quarta-feira de cinzas para todos nós!

A imagem veio daqui


O Mago

terça-feira, 9 de fevereiro de 2016

Bom dia! :-)

Eu, como sempre, já havia me esquecido que o Arcano de hoje era nosso amigo Mago. E como tenho feito nestes últimos dias, estou postando o Arcano no próprio dia, às vezes mais cedo, às vezes mais tarde, como hoje. Tenham um pouquinho de paciência, tá? Estou precisando desta tranquilidade, deste estado de relaxamento. Muito.

Pois bem, ontem, tivemos por aqui um certo nível de transformação, sim. Eu diria que foi algo bem mais interno do que externo. Uma forma diferenciada e sutil de reagir aos fatos  e energias. E eu gostei do que vi e senti.

Hoje, vejo o Mago como uma continuação deste processo, na verdade, um tipo de aperfeiçoamento, uma subida de fase, um empoderamento. Se ontem a energia era de mudança, hoje temos uma transmutação alquímica capaz de nos transformar em novos seres, mais evoluídos e felizes (amém, assim seja...rs)

O Mago é o cara! Ele é o que faz ventar e faz chover! O incrível em relação a ele é que mais do que ter o poder, ele tem a consciência de que tem o poder. Isso pode ser um importante chamado para nós: desperte a consciência do seu poder!

Como estamos em uma terça-feira de Marte, cheia de atitude, impulsiva, eu diria que a grande dica pra hoje é: faça! Faça acontecer! Tome iniciativa! E acredite que é capaz de mudar as coisas, mudar a vida, mudar a si mesmo!!!

Ótima terça-feira para todos nós!

A imagem veio daqui

Príncipe de Paus

segunda-feira, 8 de fevereiro de 2016

Bom dia! :-)

E assim começamos a nossa semana! Com toda a energia e as transformações que o Príncipe de Paus é capaz de nos proporcionar. Enquanto procurava a imagem, me deparei com um conceito bem interessante... Levando-se em conta que estamos no naipe do elemento Fogo e que os Príncipes de todos os naipes estão relacionados ao elemento Ar, temos aqui Fogo + Ar = um despertar espiritual. Achei isso muito bonito e muito coerente também.

Mas antes de falar do nosso herói idealista e apaixonado, gostaria de contar para vocês uma vivência do domingo de Ás de Copas que me botou refletindo.

Desde sexta-feira de noite tenho vivido momentos de preguiça, porque a batida no trabalho da escola, desde novembro, anda cruel. Então, sempre que posso ficar em casa, tenho simplesmente ficado em casa...rs No sábado, dei um passeio rápido de tarde, mas o resto do tempo tenho visto filmes, ouvido músicas... E ontem no final da tarde eu estava tão sonolenta, sendo que estava largada vendo filme há horas! Não tinha razão para estar cansada! Detalhe: o namorado estava do mesmo jeito. Conversamos um pouco tentando imaginar de onde vinha tanto sono e cansaço... Ele resolveu fazer algo pra acordar e começou massagear os meus pés... E eu, ao invés de dormir ainda mais rapidamente, como costumo fazer quando ele faz massagem, fui aos poucos me concentrando no aqui e agora. Conversamos por uns 20 minutos enquanto ele fazia a massagem e no final deste tempo eu e ele estávamos cheios de energia e despertos. A pergunta de um milhão de dólares é: por que? O que aconteceu ali que mudou completamente a nossa energia? Eu acredito que tenha sido simplesmente uma mudança de foco, mas pode ser que existam outros ingredientes aí. Mas este acontecimento colocou mais um tijolinho na construção de uma percepção que venho tendo: o nosso poder de mudar a nós mesmos e a realidade que nos cerca tem andado maior ou pelo menos os seus efeitos podem ser percebidos mais rapidamente. Reflitam sobre isso e depois me digam! ;-)

Pois bem... Vamos ao Príncipe de Paus nesta segunda-feira de regência lunar, dia de falar sobre magia e espiritualidade.

Eu já dei a pista lá no começo da postagem e complementei com o que aconteceu comigo ontem: temos um despertar espiritual em andamento. Quando pensamos em despertar espiritual, imaginamos anjos descendo do céu tocando harpas e imaginamos que nos tornamos seres totalmente sutis, mas devo informar que, segundo soube, o processo de iluminação tem bem menos de poesia e bem mais de "trabalho braçal" antes e "efeitos colaterais" depois do que se possa imaginar.

Qual a melhor forma de lidar com este processo? Segundo os xamãs toltecas, com muita atividade física, disciplina, economia de energia e bom humor. Segundo outras linhas, com jejum... com meditação... com orações... E eu digo que o mais importante é ter a percepção disto que está acontecendo de forma clara e manter o foco na auto observação e, no mais, é fluir de acordo com o que diz o coração. Cada um terá a sua forma especial de lidar com tal processo.

Aproveitemos a segunda-feira, que é feriado para grande parte das pessoas, para refletir sobre as transformações que andam acontecendo em nossa vida espiritual e mágica, na nossa energia e conexão com a Divindade e o Todo. Que o dia seja iluminado!

A imagem veio daqui


Ás de Copas

domingo, 7 de fevereiro de 2016

Bom dia! :-)

Estamos no trigésimo oitavo dia do ano e já tivemos o Ás de Copas por aqui quatro vezes!!! A energia de inícios, de bênçãos e caminhos amorosos e gratificantes está marcando sua presença bem no comecinho do ano. É auspicioso!

Mas vou começar falando sobre ontem e o Rei de Copas...

Engraçado como existe uma tendência geral de se olhar os personagens da corte como pessoas, mas não se presta muita atenção à influência deles como uma situação. O que aconteceu ontem poderia ser representado pelo 3 de Copas, mas a energia do Rei de Copas veio mostrar que a celebração pode ser mais madura e comedida, podemos mostrar muito mais um estado de alegria interior que se expressa exteriormente de forma mais tranquila e sutil.

Em termos práticos, o que aconteceu foi que eu não gosto de Carnaval (nunca gostei, apesar de adorar me fantasiar) e resolvi encontrar com minhas duas irmãzinhas bruxas de tarde, quando os carnavalescos ainda estão dormindo para que pudessemos voltar pra casa quando eles começassem a tomar conta das ruas, lá pelas 19h. Há anos eu aprendi este método de driblar o Carnaval! Entre 15 e 19h temos nas ruas crianças fofas fantasiadas, pessoas querendo resolver coisas de casa (fazer compras, ir ao banco, etc), turistas vendo a movimentação e criaturas como eu, que não gostam de Carnaval, mas querem sair de casa no feriado.

A empreitada começou numa loja de 1,99 em buscar de utilidades quase inúteis...rs Eu, o namorado e as duas irmãs-bruxas... E foi lá que a bagunça começou experimentando chapéus e máscaras. Pareciam quatro crianças! Depois continuamos o passeio em busca de uma ideia (o que comer?) e um lugar (onde comer?). No meio do caminho, passamos pela loja do meu tio e foi totalmente irresistível comprar um chapéu de bruxa! O mais gostoso da história, além de nos sentirmos Piper, Phoebe e Prue, foi ver algumas crianças cutucando as mães dizendo "mãe! Olha só! São bruxas!" com olhos de encantamento. Muito legal!
Val Prue - Cacau Phoebe - Lê Piper

A energia de Copas continua no ar e hoje temos a possibilidade de receber alguma bênção especial, algum presente. A primeira pergunta que me fiz ao ver o Arcano de hoje foi: o que será possível começar em pleno domingo de Carnaval? Aparentemente, hoje é um dia em que nada acontece! Mas devemos ficar atentos às sutilezas da vida...

Como o tema principal do domingo, em função da regência do Sol, é o autoconhecimento, o trabalho sobre si, pode ser que o Ás de Copas seja a expressão deste crescimento de amor essencial e fundamental dentro de cada um de nós. Quem sabe? Fiquemos atentos... ;-)

Ótimo domingão (porque ainda tem mais três dias de feriado pela frente... Oba! Podia ser sempre assim...rs)

A imagem veio daqui

Rei de Copas

sábado, 6 de fevereiro de 2016

Bom dia! :-)

Algo de diferente, de fato, está se processando. Ainda não consegui detectar, exatamente, o que é, mas essa percepção não é algo novo... Sinto este tipo de sinal ou energia sutil desde criança, algo como aquele momento em que toda a natureza para e silencia antes de uma grande tempestade. A questão é que esse fenômeno não define a qualidade do acontecimento, somente a quantidade. Sinto que é algo grande e significativo, mas nem sempre se é algo bom ou ruim. Desta vez, a percepção é de coisa boa. Pelo menos isso! rs

Tudo isso veio junto com a Justiça de ontem, um outro dia tão bom e tão leve que se é isso mesmo a Justiça pra mim, devo estar cumprindo muito bem o meu papel e "alguém lá em cima gosta muito de mim". :-)

Hoje, temos por aqui o Rei de Copas, o personagem da corte que manifesta o elemento Água da forma mais concreta e mais estável. Eu diria que ele é aquela energia madura, tranquila, que representa uma fluidez e sensibilidade muito grandes. Quando olho para este Rei não consigo deixar de pensar em arte! Em música, pinturas, esculturas, teatro... Talvez porque eu considere a arte o ponto mais alto e evoluído da sensibilidade.

Levando-se em conta que o sábado traz a energia de Saturno, sempre muito responsável e trabalhador, a primeira pergunta que não quer calar é: onde o Rei de Copas entra nesta história? Pelo menos por aqui, eu acho que já sei... Provavelmente, em uma gravação de vídeo (oba!) para o Via Tarot e/ou a continuidade com que iniciei ontem, a criação de cartazes de divulgação de consultas e cursos presenciais, e o desenvolvimento do programa para os cursos online. Faz todo sentido!

E você? Vai se dedicar a algo tão belo quanto a energia do Rei de Copas e projetar isso para a sua vida profissional ou o desenvolvimento de projetos? Eu acho uma ótima ideia!

Ótimo sabado para todos nós!

A imagem veio daqui

PS: Nestes dias de feriadão, caso a postagem não entre meia-noite, sejam pacientes comigo e voltem aqui no dia seguinte lá pelas 10 ou 11h. Estou tentando relaxar...rs ;-)

A Justiça

sexta-feira, 5 de fevereiro de 2016

Bom dia! :-)

Estou com vontade de escrever pra vocês desde ontem, logo que cheguei em casa do trabalho. A primeira razão, bastante óbvia, é a presença da Justiça por aqui, depois de um Rei de Espadas. A segunda é que ontem foi um dia bem atípico, levando-se em conta o restante da semana e o Arcano presente aqui no Via.

O Rei de Espadas é inteligente, justo e ponderado, mas o que senti ontem foi mais do que isso. Estava em um estado de paz impressionante! E apesar do volume absurdo de trabalho que precisei encarar na escola e de um evento que gerou stress em pessoas em volta de mim, minha atitude foi serena e leve durante todo o dia. Nem eu sei de onde veio tanta energia boa e bonitinha...rs

Chegando em casa, comecei a ponderar sobre este estranho sentimento de felicidade. Cheguei a comentar com meu filho "hoje foi um dia bom" e eu tenho plena consciência de que o dia em si foi bem parecido com os anteriores, mas era algo em mim que estava bom. E parece continuar assim.

Então me lembrei que a sexta-feira de Vênus não seria tão romântica, mas seria justa. Ou uma pequena mistura das duas coisas. Minha reflexão tomou mais de hora! E não sei se cheguei a uma conclusão, mas gostaria de compartilhar tudo isso com vocês.

Às vezes, pensamos que a justiça é algo muito externo e concreto. Alguém nos feriu e leva o troco. Nosso esforço é recompensado... Mas nem sempre precisa ser assim. Esta energia de Justiça que estou sentindo é a percepção de que eu sou eu, eu estou onde estou, e posso tirar vários prazeres disso, várias alegrias, várias sensações positivas, mas pelo simples fato de ter tudo isso dentro de mim e vibrar isso até um ponto em que seja a única coisa que consigo enxergar. Não porque estou cega ou limitada visualmente, mas porque tudo em volta foi banhado por esta percepção luminosa.

A Justiça é o que é. A Justiça não tem explicação. Tudo que acontece é justo ao seu modo. E nós podemos escolher um lado: ou estamos contra a justiça (porque achamos que ela não nos beneficia) ou estamos a favor da justiça, porque acolhemos o que acontece e tiramos o melhor disso.

Confesso que não estou muito inspirada para o tema amorzinho nesta sexta-feira (milagre! rs), porque minha cabeça está mais filosófica. Mas ok... Vamos pedir para a Deusa do Amor ficar do nosso lado e fazer disso um procedimento justo no melhor estilo da ética da bruxaria: que seja o melhor para todos os envolvidos.

Que assim seja!

Ótima sexta e ótimo feriadão pra todos nós!

A imagem veio daqui


Rei de Espadas

quinta-feira, 4 de fevereiro de 2016

Bom dia! :-)

Hoje, me permiti uma licença poética na imagem e ao invés de postar uma carta de tarot, postei esta linda foto do meu herói Aragorn que representa muito bem o Rei de Espadas, apesar de ter ter um coração de Rei de Copas.

Nestes dias meio conturbados, fiquei analisando a sequência da semana e pensando que, provavelmente, algo vai acontecer para dar resolução ao que andou meio em desequilíbrio, algo tipo "a justiça será feita". A primeira prova disso é a presença deste Rei, sempre associado à justiça, ponderação e equilíbrio.

Ontem de noite, pouco antes de começar a postagem, fiz algo que sempre me orgulhei de não fazer: deixei um filme pelo caminho. Um filme que estava ansiosa por ver, mas que em 47 minutos usou e abusou da minha paciência, meu estômago, minha indignação. "As Sufragistas" é um filme excelente, mas para estômagos fortes. Em 47 minutos eu estava prestes a cometer um genocídio mental! Como as mulheres suportavam viver daquele jeito? Como elas suportavam homens que olhavam para elas como se fossem um tipo de raça inferior? Como um marido que afirma que só pensa em cuidar da mulher está mais preocupado com o que os vizinhos vão falar do que com o fato de ela ter sido agredida e presa injustamente? É demais pra minha pessoa...

Pra resolver isso, só mesmo um nobre guerreiro, um rei que está disposto a lutar pela justiça e, ao mesmo tempo, um homem apaixonado... Aragorn... Ops! Era sobre o Rei de Espadas que estávamos falando, né? :-) Foi mal aí, gente...rs

Enfim, quando penso no Rei de Espadas sob influência do Grande Benéfico, penso no imenso poder da inteligência, da lógica e da justiça. E vejo que tudo isso estará a nosso favor no dia de hoje. A quinta-feira também será muito propicia para os estudos e pesquisas, o aprofundamento em um determinado conhecimento e também para debates filosóficos.

Aproveitemos pois... Porque o feriadão estão chegando com todo o seu esplendor...rs

A imagem veio daqui