A Estrela

sábado, 31 de outubro de 2015

Bom dia! :-)

Há dois dias as coisas começaram a melhorar pro nosso lado...rs Hoje elas ficam bonitas de verdade! Todos sabem que a Imperatriz é minha carta preferida, mas a Estrela é a queridinha. Acho que é a queridinha de quase todo mundo!

Este aspecto de amuleto da sorte da carta da Estrela é muito bem vindo a qualquer dia e qualquer hora. Sua beleza e sua leveza também fazem desse Arcano um local gostoso de se estar. Porque os Arcanos são assim... Como lugares. Quem consegue captar isso e consegue se ver em cada um desses lugares, certamente terá uma compreensão mais profunda do tarot.

Hoje eu sou só poesia... E é por isso que deixarei Gilberto Gil fazer a postagem :-) Quem absorver, entender e expressar isto aí, com certeza estará em harmonia com a Estrela neste sábado. O convite está feito, espero ter companhia para a caminhada!

"Há de surgir
Uma estrela no céu
Cada vez que você sorrir
Há de apagar
Uma estrela no céu
Cada vez que você chorar

O contrário também
Bem que pode acontecer
De uma estrela brilhar
Quando a lágrima cair
Ou então
De uma estrela cadente se jogar
Só pra ver
A flor do seu sorriso se abrir

Hum!
Deus fará
Absurdos
Contanto que a vida
Seja assim
Sim
Um altar
Onde a gente celebre
Tudo o que Ele consentir"

Ah, sim... Se ninguém lembrou, lembro eu: hoje é a celebração de Beltane! Como eu já expliquei no Facebook, não estarei comemorando dia das bruxas, porque pra mim ele acontece em maio, já que é uma festa popular inspirada da celebração de Samhaim. Longa história que já expliquei por aqui várias vezes. Pois bem... Feliz Beltane pra quem é de Beltane, feliz Samhaim pro pessoal da Zoropa que celebra pela Roda do Norte, feliz dia das bruxas, feliz qualquer coisa, porque sempre há uma qualquer coisa que nos faz mais feliz! :-)

Ótimo sábado para todos nós!

A imagem veio daqui

6 de Copas

sexta-feira, 30 de outubro de 2015

Bom dia! :-)

Uma semana inteira esperando por isso...rs Às vezes, não é nada bom saber todas as cartas que estão por vir, porque começa a gerar uma expectativa em relação ao que vai se transformar, o que vem pelo caminho. Mas tudo bem, já chegou, enfim, o 6 de Copas gostosinho.

Devo confessar que ele deu os primeiros sinais de sua presença, ontem, perto do meio-dia. Ele me fez chorar, ele me fez sorrir, ele me fez ficar confusa, ele me fez chorar de novo de emoção, gratidão, alegria. Ele me fez lembrar de coisas que nunca vivi.

O 6 de Copas tem uma energia infantil, aquela coisa inocente, alegre, serelepe. Normalmente, sua aproximação é meio surpreendente e quando se percebe já há sorrisos e risos e gargalhadas e calda de chocolate nas bochechas e sorvete por todo canto. É assim que este Arcano funciona!

Quando juntamos esta energia com a regência venusiana da sexta-feira, podemos pensar em momentos-delicinha: encontros, paqueras, namoricos, aquele momento com namorado ou namorada que é menos romance, menos paixão, e mais o descanso da semana, o carinho, o afeto e o bom humor. Pra mim, tem cara de um bom filme, uma taça de vinho e pizza no guardanapo (dona certinha aqui acha isso o ápice da liberdade gastronômica... poder pegar um guardanapo, agarrar uma fatia de pizza e sair comendo por aí).

Estou tentando me lembrar aqui se existe algo mais gostoso do que um amor tranquilo (com sabor de fruta mordida), creio que não! O mais legal do amor tranquilo é que não há a menor pressa de consumi-lo, desfrutá-lo, muito pelo contrário! Algo como: acho bom você ir se acomodando, deixando suas coisas por aí, porque não há pressa, não há ânsia. Há presença, intimidade, riso e todo o tempo do mundo.

Assim espero que seja a sexta e a vida. Pra todos nós!

A imagem veio daqui

Princesa de Ouros

quinta-feira, 29 de outubro de 2015

Bom dia! :-)

Eu disse, crianças! Eu disse que ontem seria o encerramento da epopeia torturante! rs Por aqui, não posso dizer que estou 100%, mas sem dúvida estou retornando à vida. De domingo até quarta de manhã, minha sensação era de estar em outro lugar ou outra realidade, não estar totalmente presente em meu corpo. É muito bom poder retornar a ele por completo. Amém!

Então, nossa quinta-feira chega com a presença da Princesa de Ouros, que como todas as Princesas fala de começos ou recomeços e que além disso possui esta energia prática, concreta, uma segurança de fazer o que tem que ser feito e seguir em frente. Ela não está muito preocupada com detalhes, ela quer simplesmente fazer acontecer e quer que continue acontecendo.

Vamos nos lembrar do Grande Benéfico Júpiter, regente da quinta-feira, que fala de poder. O resumo perfeito para este apanhado de conceitos seria: o poder de criar.

Então, vem o primeiro questionamento: como eu uso o meu poder de criação? De que forma ele acontece? Em que circunstâncias ele flui melhor? Se temos um poder é bom que saibamos qual a melhor forma de usá-lo.

Em seguida, podemos pensar também: o que eu quero criar neste momento? O quanto de tempo e energia estou disposta a gastar? E assim, de uma forma ainda não muito elaborada, podemos ver surgir um projeto. Um projeto que seja concreto, prático, mas que também seja o reflexo do que se é em essência. Eu venho buscando algo assim há anos!

Meu convite hoje é para que a cabeça fique livre o suficiente para criar ou dar forma aos sonhos. Vamos trazer as coisas do mundo abstrato e invisível para o mundo da matéria, dar forma, tornar real em 3D. Vamos?

Ótima quinta para todos nós!

A imagem veio daqui

10 de Espadas

quarta-feira, 28 de outubro de 2015

Bom dia! :-)

Nunca fiquei tão feliz de ver um 10 de Espadas em toda a minha vida! rs Ele fala de uma situação que chega a um nível insuportável, uma pressão psicológica, a mente galopando como um cavalo desgovernado... Bem, eu já estou assim! Há três dias de cama, com o serviço atrasado... Então, vamos para a segunda parte do significado do 10 de Espadas: a tortura chegou ao fim! Temos o alívio a partir de agora.

Normalmente, nos fixamos muito somente na primeira parte, mas esquecemos a segunda. Outro detalhe que, normalmente, também não é notado é que se o 10 de Espadas é uma carta de corte, quebra, ele é muito bom para encerrar processos angustiantes, romper vínculos negativos, banir, proteger. E não estou aqui falando de alma penada não, tá? A verdade é que depois que passamos a conhecer o mundo invisível, descobrimos que tudo é uma questão de frequência. Estamos sintonizados em qual frequência?

No entanto, a coisa não é tão simples quanto possa parecer. Senão, quando estamos felizes, não deveríamos passar por situações negativas e isso acontece. Então é preciso descobrir o que estamos captando de forma mais discreta.

Lidar com questões mentais é fácil, você pensa, reflete, vai no psicólogo e tudo se esclarece! Lidar com questões emocionais já começa a complicar mais um pouco... Lidar com questões energéticas e espirituais, nem se fala! Cada vez chego mais a conclusão que os melhores métodos são os mais simples e sutis, que vão mudando a nossa energia dia a dia, até que estejamos livres de toda a sujeira energética e possamos sintonizar com firmeza na "Rádio Bem".

Como hoje é quarta-feira de Mercúrio, minha sugestão é colocar o 10 de Espadas pra funcionar através da fala: tá valendo Ho'oponopono... Tá valendo cantar mantra... tá valendo fazer oração de proteção. Vamos falar o que a gente quer pra nossa vida, vamos permitir que o que não nos pertence mais vá embora, vamos vibrar a gratidão, o perdão e o amor. Que assim seja!

Ótima quarta-feira para todos nós!

A imagem veio daqui

Príncipe de Ouros

terça-feira, 27 de outubro de 2015

Bom dia! :-)

Mais um personagem da corte por aqui! A Rainha de Espadas me ajudou, mas nem tanto... Ontem foi um dia em que os sintomas desta gripe/virose deixaram minha cabeça oca. Responder perguntas básicas foi algo complicado. E, tirando um breve momento no começo da tarde, em que eu ainda conseguia raciocinar, o restante do tempo foi uma lástima!

O fato de mudarmos de naipe, de Espadas/Ar para Ouros/Terra, me parece muito auspicioso. Até porque, especificamente o Príncipe, é aquela carta que fala de perseverança, determinação, fala de alguém que não desiste por qualquer coisa, muito ao contrário, a energia aqui é de alguém que  traça a meta e vai até o fim.

Interessante pensar que a energia do Príncipe de Ouros, apesar de expressar o elemento terra possui pontos em comum com a regência marciana da terça-feira. Mas se o Príncipe de Ouros é aquele que não desiste nunca, devagar e sempre, Marte é muito impulsivo, explosivo, mas não dá pra dizer que ele vai até o fim sempre. Se ambos fossem corredores, o Príncipe de Ouros ia disputar a maratona e Marte os 100 metros rasos. ;-)

Pois bem, a dica especial de hoje (acho que isso é bem pra mim...rs) é: não exagere... Não vá além das suas possibilidades. O mais importante é manter a firmeza e a estrutura. Que assim seja!

Ótima terça para todos nós

A imagem veio daqui

Rainha de Espadas

segunda-feira, 26 de outubro de 2015

Bom dia! :-)

Gente, parece pegadinha! No sábado de Carro a postagem chegou super atrasada... No domingo de Carro, passei o dia todo de cama, do tipo: a primeira coisa que comi foi um tiquinho de arroz de forno às 20h. Tomei um banho, estou fazendo a postagem e vou voltar a dormir já já. O que eu tenho? Nem eu sei! Mas é mais uma coisa para entrar para aquela listinha de coisas estranhas que acontecem comigo. Estou vibrando muito para que esta Rainha poderosa assuma o controle logo, porque eu tenho que ir trabalhar na escola, tenho duas consultas já marcadas pra hoje e uma que eu deveria ter feito no final de semana e não consegui.

Pois bem... A Rainha de Espadas é uma mulher muito inteligente, bem articulada, estrategista e ardilosa. Ela sabe o tempo certo das coisas, ela sabe como se movimentar e o que falar no momento certo. Eu sempre gosto de comparar a Rainha de Espadas com a Sacerdotisa, menos pela parte espiritual, e mais pela forma distanciada de analisar tudo. Levando-se em conta que a regência lunar de segunda-feira nos direciona para a magia e a espiritualidade, vejo a nossa Rainha ainda mais conectada com a Sacerdotisa.

Confesso que não estou muito inspirada hoje, por razões óbvias, mas deixo para vocês uma boa dica de Rainha de Espadas em segunda-feira de Lua: falar pouco, observar muito, aquietar a mente, ter consciência do poder da palavra e usá-lo com sabedoria. Para quem curte as bruxarias, nada como um "spell" caprichado! ;-)

Ótima segunda-feira para todos nós!

A imagem veio daqui

O Carro

domingo, 25 de outubro de 2015

Bom dia! :-)

Entenderam? Entenderam? rs Se ontem não deu para trilhar todo o caminho, se ontem aconteceram atrasos, hoje ainda temos tempo para colocar as coisas nos eixos e chegar onde devemos chegar.

A vida é bela, sim. E tudo acontece em espiral, se não conseguimos resolver certas questões em um determinado momento, normalmente, temos a chance de fazer isso uma oitava acima. O mundo dá voltas e nós também. Só não podemos ficar dando voltas no mesmo lugar, como um cachorro correndo atrás do rabo, é preciso fazer um giro ascendente.

O tarot reflete esta sabedoria quando o mesmo Arcano aparece dois dias seguidos, é algo como um recado dizendo: não rolou ontem? Está aí uma nova chance!

Vamos aproveitar esta chance da melhor maneira?

Hoje, domingão com regência solar, é dia de colocar o foco em nós mesmos e no nosso crescimento como seres humanos. Tenho repetido incansavelmente que só através da auto observação conseguimos enxergar nosso Eu e nossos eus, somente assim nos conhecemos de verdade e percebemos nossas reações, nossas fugas, nossos medos, aquilo que desperta a nossa ira. Quando sufocamos nossas incongruências (é bem mais bonito do que nossos defeitos, né? rs), aparentando que tudo está ótimo, mas carregando uma série de sentimentos ruins por dentro, não permitimos o crescimento. Essa atitude apenas mascara o caos interior. Quando olhamos o que nos perturba de frente, estamos dando o primeiro passo para entender o que acontece, realizar a cura e nos transformar.

As dores de crescimento que acontecem nos ossos possuem o seu correspondente nos sentimentos, na mente e na alma. Crescer pode ser um processo doloroso em alguns momentos, mas se soubermos como agir, os momentos de alegria que vêm depois são tão incríveis que fazem tudo valer a pena.

Quando olho para o passado e lembro de alguns momentos difíceis, ao invés de me lastimar, sou grata. Se não fossem esses desafios, eu não teria chegado aqui, com todo o aprendizado adquirido. É claro que em algumas situações eu poderia ter sofrido menos, se fosse mais esperta, se fosse menos medrosa, se fosse mais firme ou se fosse mais flexível, mas naquela época era o que eu tinha condições de fazer. Desde que voltei pra São Lourenço, coloquei na cabeça que não ia mais perder muito tempo olhando pro passado e reduziria um pouco o tempo olhando pro futuro. Meu foco é o presente, um dia de cada vez, com uma certa rota (que pode ser mudada a qualquer momento) apontada para o futuro. Tem dado certo, reduziu minha ansiedade e me transformou em alguém bem mais "viva" e feliz. Quando olho para o Carro penso nisto: se a máquina está funcionando bem, se a habilidade do motorista está ok e se temos um bom mapa em mãos a possibilidade de chegar em nossa meta é grande. Então sigamos! ;-)

Ótimo domingo para todos nós!

A imagem veio daqui

O Carro

sábado, 24 de outubro de 2015

Bom dia! Ou, melhor, boa tarde... Ou seria boa noite? Porque já são 19h, apesar de ter sol lá fora...rs

Engraçado pensar em Carro num dia em que a postagem saiu tão atrasada... Algo como "furou o pneu pelo caminho"...rsrs Mas quando vocês olharem a postagem de amanhã, vai ficar mais claro. Uma daquelas coisas que, mesmo eu que tiro as cartas da semana todo domingo, não teria como prever.

Depois do meu retiro necessário, emendei em uma aula de fitoterapia aprofundada, um estudo que sempre me dá muito prazer. Vira e mexe, sempre penso que uma das três coisas que mais me diverte na vida é o cultivo e estudo das plantas, juntamente com assistir filmes e a dupla cantar/dançar. O surgimento deste curso e o convite para participar do grupo de estudo de ervas que elabora o curso foi um grande sinal, sinal de que já passou da hora de um iniciar um trabalho mais profundo voltado para a fitoterapia e a aromaterapia, não somente como suporte terapêutico nas consultas. Neste grupo temos médicos, terapeutas, químicos e raizeiros, então imaginem o quanto terei condição de aprender e trocar informações.

Isso tudo, pra mim, é um Carro... É uma energia de crescimento, movimento e desenvolvimento de projetos e atividades profissionais, os dois temas centrais do sábado de Saturno. Mas podemos olhar para o Arcano de hoje das mais variadas formas, inclusive a possibilidade de encontros e viagens que despertem novas possibilidades envolvendo os temas do dia.

O ponto de equilíbrio do Carro é saber como guiá-lo. Não adianta muito movimento e muito combustível se nos encaminhamos para um abismo ou se saímos batendo por aí em outros carros. Portanto, é fundamental harmonizar esta energia tão intensa que este Arcano nos traz.

Dito isso, vou aproveitar o ritmo, colocar combustível pra dentro (só tomei café da manhã até agora...rs) e organizar o que pretendo fazer amanhã. Se tudo der certo, teremos surpresas aqui no blog. Me aguardem! ;-)

Ótimo final de sábado para todos nós!

A imagem veio daqui

3 de Ouros

sexta-feira, 23 de outubro de 2015

Bom dia! :-)

Eu sei que a semana ainda não acabou, mas hoje farei uma "puxada de conta" de segunda até agora e vou aproveitar a inspiração do momento e a regência venusiana da sexta-feira para escrever sobre um tema que todos aqui adoramos (não adoramos? rs): o amor.

Minha semana começou bem estranha, como já descrevi ontem. Mas foi, justamente, depois desta tomada de consciência expressa em palavras que tudo clareou e a minha energia, não somente se estabilizou, como também alcançou patamares superiores. Tudo isso foi coroado com uma consulta maravilhosa, em que rolou uma conexão profunda.

A vida é, sem dúvida, aprendizado. E quando dói, seja já em que aspecto (físico, emocional, mental, espiritual) não é karma ou castigo, é sinal de que precisamos prestar atenção em nossos processos internos e mudar alguma coisa. Não nascemos para sentir dor, nem para sofrer. Mas nascemos para aprender. E como a dor é algo incômodo, ela serve de alerta para que algo seja feito, para que ela seja superada.

Pensando nisso e juntando pecinhas de um quebra-cabeça envolvendo o que eu estou vivendo e o que várias pessoas, amigas e clientes, estão vivendo, algumas ideias começaram a ficar muito claras na minha cabeça e, principalmente, no meu coração.

Já falei aqui sobre a diferença entre amor e relacionamento. Para que um relacionamento aconteça é bom que haja amor. E quando há amor, queremos relacionamento. Mas estamos falando de duas coisas diferentes, com necessidades diferentes e formas de lidar diferentes. Não podemos mandar no amor, mas certamente podemos administrar o relacionamento. Amar é fácil, é verbo intransitivo... Relacionamento tem hífen e se...rs Relacionar-se com alguém. Entra um outro personagem na história e com isso surgem conflitos, mas também surgem vivências adoráveis.

Hoje, vou falar de coisas que também se confundem facilmente: o que se deseja ou sonha e o que se quer na prática. Explicar isso é bem mais desafiador, pois trata-se de algo profundamente subjetivo e complexo. Mas vou me esforçar! ;-)

Vejo com frequência os conflitos surgirem em relacionamentos porque as pessoas não conseguem lidar com sonho e realidade, não conseguem colocar cada coisa em seu lugar. Isso fica mais fácil de compreender se entrarmos em um território-tabu: a sexualidade. Quantos de vocês não se viram fantasiando coisas com total consciência de que aquilo na prática seria um desastre? Eu pensava que era a única louca a fazer isso, até que em conversas com amigas, descobri que isso é muito mais corriqueiro do que eu poderia imaginar. Na hora de elaborar as fantasias sexuais mais exóticas, tudo é fácil, simples. Enquanto as cenas acontecem dentro de nossa mente não há conflito, não há ciúme, vergonha, apego, medo. Porque não precisamos lidar com as consequências e o day-after. Com isso, há muitos anos, aprendi a colocar cada coisa em seu lugar: fantasias dentro da minha cabeça, realidade no meu cotidiano.

O mesmo acontece no setor emocional, o mesmo acontece no relacionamento afetivo. Vou citar alguns exemplos para que vocês possam captar melhor...

Quando uma mulher pensa o quanto é gostoso namorar um cara que sinta ciúme dela, ela certamente está pensando em algo como "você é tão incrível, que fico louco de ciúme quando penso quantos homens gostariam de namorar você" e nunca pensando em algo do tipo "eu te proíbo de usar esta roupa curta porque mulher minha não fica se mostrando por aí". Todos concordam? Quando um homem pensa a delícia de namorar uma "mulher quente", com toda certeza ele está pensando em uma mulher sedutora, ousada, que goste de fazer sexo com ele de uma forma intensa, mas duvido muito que ele esteja pensando em uma mulher que precise ter vários homens para satisfazê-la.

Quando criamos nossos desejos e sonhos, somos mestres e controladores de tudo que acontece e de suas respectivas consequências. Quando trazemos isso para a realidade estamos entregues ao fluxo natural das coisas e das pessoas com quem interagimos.

De alguma forma, isso me lembrou Simone de Beauvoir... Quando ela diz que o que atrai um homem é aquilo que ele destrói. Sendo menos dramática...rs Quando um homem se apaixona por uma mulher, se apaixona pela sua alegria, seu frescor, sua liberdade, a forma como ela transita pela vida, como uma linda borboleta. Quando ele se casa com essa mulher, ele vai podando, matando tudo isso, transformando esta menina em uma matrona, sem luz, sem brilho, cansada. E assim que toda aquela energia se vai, ele costuma arrumar uma outra menina, cheia de atributos para se apaixonar, deixando a mulher ou mantendo um relacionamento paralelo. Isso parece tão cruel! Isso parece mesmo um ato predador. E não estou aqui para colocar os homens como vilões da história, mas basta puxar pela memória e vamos nos lembrar de várias histórias reais que comprovam isso.

Lidar com a fantasia e a realidade é um desafio. Lidar com o desejo de possuir é um ato de coragem. Cuidar para não matar exatamente o que mais amamos no outro (e aí falamos tanto de homens quanto de mulheres) exige uma aquisição de sabedoria e maturidade que são difíceis de serem alcançadas.

Para não dizerem que estou perseguindo o povo do cromossomo Y, vou até dar um exemplo muito comum: a mulher se apaixona por um homem sensível, um artista talentoso, um cara realmente diferente dos que vemos por aí. Ele não gosta de futebol, ele não é competitivo e nem agressivo. Ele é belamente zen. Quando os dois se casam a mulher imediatamente começa a colocar ele "nos eixos": vamos trabalhar e ganhar mais dinheiro, você não tem ambição! Deixa de ser relaxado e para de deixar bagunça pela casa! Olha aqui... Você não pode ir na minha festa de final de ano do trabalho usando uma bata branca e essas sandálias da feira hippie! rs E assim se mata um artista! ;-)

Todos aprendemos uma forma de amor antropofágica! Uma forma de exercer o amor devorando o outro, absorvendo o outro para dentro de nós. Somos narcisistas! Queremos o outro como um reflexo de nós ou como uma parte de nós... Eva saiu da costela de Adão... Todo homem nasce do ventre de uma mulher. Somos atraídos pelo diferente, mas quando conquistamos o diferente, queremos transformá-lo em algo igual a nós.

No entanto, o amor é livre! É fluido! E quando falo coisas do tipo: o amor é livre, o amor não é sentimento de posse, estou longe de querer dizer que defendo o relacionamento aberto! Não, não... Acho que relacionamento aberto é como saia em homem e cabeça raspada pra mulher: quase ninguém fica bem nisso, mas existem os que combinam com o negócio. E viva a diferença! rs Não serve pra mim, mas pode servir pra você e o mais importante é ter consciência do que serve para si mesmo.

Quando pensamos em coisas menos polêmicas dentro de um relacionamento, lembro logo da minha transformação interior desde o primeiro namorado. Lembro de tudo que me pertencia e que não me pertence mais e é importante reparar nas coisas que mudam e deixam de fazer parte do que queremos. Já quis morrer de tanta paixão, já achei que só me relacionaria com alguém se ficasse sem ar quando encontrasse a pessoa, mas como dizem no facebook, o nome disso é asma! Já quis consumir e me deixar consumir de desejo, já quis me sufocar com a presença do outro no meu corpo, na minha mente e na minha vida. 

Eu precisei viver tudo isso para concluir que isso não me serve mais. Hoje, quero amar calmamente, quero que a intensidade surja no momento em que os corpos se unem, mas quero me sentir plena e completa quando estou sozinha. Quero sentir saudade e nem por isso correr em direção ao outro cada vez que ela aparecer. Quero saber amar de perto, mas também quero aprender a amar de longe. Quero olhar com clareza e lucidez todas as incongruências de quem eu amo e ainda assim saber que é amor. Quero um homem que me admire, mas que saiba a hora certa de falar "não senhora! Você está errada!", quero alguém que me permita a livre expressão de sentimentos e pensamentos, mas também quero alguém que use o bom e velho "cala a boca e me beija!" rs Quero alguém diferente de mim, porque eu já tenho a mim mesma, eu já me satisfaço e desejo navegar por mares desconhecidos.

Quando nos lançamos nesta viagem de amar o diferente encontramos vários conflitos. E isso é normal! Eu vejo a criatura tomando coca-cola e almoçando salgadinhos e tenho vontade de lançar toda a minha ira natureba sobre ele! Eu vejo a criatura guardando talento para si, quando poderia estar desenvolvendo projetos incríveis! Eu vejo a criatura dizendo coisas absolutamente irritantes do tipo "hoje você vai ficar livre de mim, vou te dar sossego". Eu olho tudo isso com meu olhar crítico de três planetinhas em Virgem e tenho vontade de ir até a varanda e gritar! Mas quando eu me acalmo, lembro da sensação de paz do seu abraço, lembro das conversas que parecem não ter fim, lembro da incrível capacidade de fazer amor e rir e conversar e voltar a fazer amor. E percebo que depois que a gente descobre que é possível ser feliz estando só, somente alguém muito especial pode fazer com que surja a vontade de ficar junto de novo.

Amar é assim... coisa estranha que a gente não consegue explicar. Talvez porque quando tudo é explicado, voltamos a buscar novos desafios para entender. E se a explicação não acontece por completo, sempre vamos querer um dia a mais, junto com o outro, para continuar tentando.

O 3 de Ouros é uma carta que fala de parcerias harmônicas, fala que caminhar junto, construir junto é melhor quando se encontra um parceiro afim. O 3 de Ouros fala da importância do talento de cada um separadamente e do quanto cada um faz, cada um do seu canto. Mas que em momentos especiais é possível trabalhar junto, realizar junto e isso traz uma satisfação enorme.

Eu estou tentando daqui e, apesar dos desafios, por enquanto tudo vai bem. Espero o mesmo para todos vocês.

Que a sexta-feira seja, de fato, de Vênus!

A imagem veio daqui

6 de Ouros

quinta-feira, 22 de outubro de 2015

Bom dia! :-)

Desde o final de semana, estes têm sido dias, no mínimo, curiosos! Altos e baixos em tudo! Emocional, mental, espiritual e físico. Estou tentando compreender o enigma da Sacerdotisa...rs Tenho percebido em mim (auto observação é tudo no caminho do autoconhecimento) sentimentos e sensações que não via há anos... Décadas até! E, ao mesmo tempo, tenho percebido também coisas totalmente novas e desconhecidas e por isso, de certa forma, assustadoras.

Há pelo menos 15 anos eu deixei de ser uma mulher de fases, complicada e sem a perfeição poética da música, e passei a ser uma mulher mais ponderada e estável. Na verdade, neste período, na relação com diversas pessoas, eu era a criatura cabeça fria, que respirava fundo, contava até 50 e colocava tudo em ordem, ou pelo menos balançava a bandeira da paz, preferindo ser feliz do que ter razão. Minhas emoções pareciam a mudança das estações antes do tal aquecimento global, totalmente previsíveis e dentro do esquema. Pareciam! Porque desde domingo a noite que estou parecendo um iô-iô emocional! Tudo me afeta, tudo me abala e da mesma forma que estou com o coração aos pulos em um determinado momento, ansiosa, nervosa, irritada, no momento seguinte estou mais deboas que o Bob Marley! Vai entender?!

Ontem, o 8 de Copas apareceu só no começo da noite de maneira mais intensa. Mas já me deixou refletindo desde cedo. O que está acontecendo comigo? Estou levando muito a sério este negócio de retornar às raízes? Ou só estou sofrendo um choque de gestão interno, porque a vida está me colocando diante de situações inesperadas? Não sei mesmo... Mas estou dançando entre dois velhos, opostos e péssimos hábitos: me adequar às necessidades alheias sem expressar as minhas necessidades e querer ter o controle de tudo 24h por dia. O resultado? Deu ruim, sem dúvida! Uma bipolaridade de primeira grandeza!

Há tempos que eu digo: o problema não é saber o que fazer, o problema é saber a hora de começar e a hora de parar. Ou seja, a medida das coisas. No meio de toda esta reflexão, fiz confissões, aliás, troquei confissões com meu filho, altas horas da noite, na varanda de casa... Nosso lugar de poder...rs Passei muito tempo acreditando, em função do que ouvi na infância e adolescência, que eu era uma pessoa difícil e geniosa. Depois da transformação de mulher de fases em mulher madura, passei outros tantos anos acreditando que eu sou uma criatura pra lá de fácil, tranquila, deboas. Mas ontem de noite olhei pra dentro de mim, olhei pro 8 de Copas, olhei pra dentro de mim, olhei pro 8 de Copas e falei, com todo o espanto de quem se descobre: "mas não é que eu sou esquisita mesmo, gente!" Quando eu falo que sou alienígena, estou falando sério...rs Parece que eu vejo e sinto as coisas de uma forma totalmente inexplicável para as outras pessoas, o lance é que eu disfarço muito bem.

Se eu cheguei a alguma conclusão? Não... Ou melhor, algumas poucas. A primeira delas é que eu preciso, urgentemente, relaxar. A segunda é que, sim, eu estou fazendo resistência a uma série de coisas que estão acontecendo na minha vida. A terceira é que em relação a algumas coisas - definitivamente - tenho que fazer resistência mesmo, porque me atingem de forma bem concreta e prática, mas em relação a outras devo abrir uma garrafa de um bom vinho. A quarta (alguém ainda está contando?) é que se eu não falar o que quero e preciso, fica difícil de os outros adivinharem. A quinta é: sou capaz de mudar algumas coisas em mim, sim... Mas existem outras que se eu mudar, a estrutura toda vem abaixo e além de "não sou obrigada", não acho que seja conveniente. Vou parar de contar este negócio porque já está me irritando ;-) mas tem mais uma conclusão: conseguir olhar pra dentro de si com tanta sinceridade exige um tanto de coragem e isso é sinal de crescimento, que bom!

Bem, a esta altura do campeonato vocês devem estar se perguntando: mas e o 6 de Ouros? E eu respondo: o 6 de Ouros é a carta da generosidade, é a carta que fala do equilíbrio em saber dar e receber, e hoje eu estou contando com a generosidade de vocês que estão aqui lendo tantas reflexões! Gratidão, gente! :-) 

Depois de escrever tudo que escrevi, a única coisa que me vem à mente como dica para esta quinta-feira é: não tenham medo do mergulho interior, não tenham medo deste olhar de frente para as suas dúvidas, conflitos, ansiedades, medos... Só encarando tudo isso é possível crescer, amadurecer, evoluir. Esse processo sempre me faz sair melhor do que entrei, mais segura, mais feliz, mais lúcida diante de mim e diante da vida... eu recomendo!

Que a quinta e o Grande Benéfico Júpiter sejam generosos também!

A imagem veio daqui

8 de Copas

quarta-feira, 21 de outubro de 2015

Bom dia! :-)

Pois bem, nunca eu fiquei tão feliz por dar de cara com um 8 de Copas! Para quem está fazendo careta diante dessa minha afirmação, eu explico: segunda e terça foram dias estranhos, estranhos de uma forma inexplicável, mas nem por isso menos concretos ou palpáveis. O que mais me incomodou foi o fato de dormir muitas horas e não conseguir descansar, com a percepção de que havia algo externo influenciando todo o processo. Pouco antes de eu começar a escrever esta postagem, tive uma forte intuição de que era a hora de mergulhar pra dentro de mim porque a resposta estaria lá.

Qual o melhor mergulho que se pode fazer? O 8 de Copas, claro!

Mas eu digo ainda mais! Que a energia do 8 de Copas fala de uma jornada espiritual e é isso que estou precisando neste momento, não sei vocês... Esta jornada tem como objetivo o resgate da conexão com meu Eu Superior, isso, eu creio, será capaz de harmonizar meu sono e clarear minha visão.

Como hoje é quarta-feira, dia regido por Mercúrio, vejo essa energia planetária influenciando muito mais as viagens do que a comunicação, propriamente dita... A não ser que seja a comunicação emocional e espiritual (em função do 8 de Copas). Mercúrio é o mensageiro, ele transita entremundos, é o que precisamos neste momento, afinal de contas, ainda estamos em ciclo de Sacerdotisa, né?

Para quem estiver disposto a se lançar nesta jornada, recomendo momentos de isolamento, a chama de uma vela, a fumaça do incenso, cristais e uma taça com água... música suave ao fundo e um foco de atenção. O que é preciso lembrar? O que é preciso curar? O que é preciso resgatar, valorizar? Façam isso antes de dormir e peçam para que os sonhos sejam reveladores. Caderninho com caneta ao lado da cama vai bem, para poder anotar o que lembrar, logo ao acordar! ;-)

Boa quarta, boa jornada, bons sonhos! 

A imagem veio daqui

8 de Ouros

terça-feira, 20 de outubro de 2015

Bom dia! :-)

O primeiro passo na trilha da Sacerdotisa está relacionado a um trabalho árduo, contínuo e amoroso. O 8 de Ouros não é somente um Arcano de colocar a mão na massa para concretizar coisas... Ele é uma construção muito real de sonhos acalentados e alimentados com amor.

Tenho uma simpatia especial pelo 8 de Ouros porque ele não fala de um trabalho monótono, repetitivo e feito por obrigação. Não. Ele fala de um trabalho que exige dedicação, que expressa os talentos e habilidades, algo que dá prazer, um prazer que está acima e além do simples ato de fazer algo que tem um valor de mercado e pode ser negociado.

O 8 de Ouros é a arte, o trabalho artesanal, meticuloso, cuidadoso, valioso.

Observar um 8 de Ouros passeando pelo Via Tarot em uma terça-feira de Marte é algo curioso, levando-se em conta a rapidez e - diga-se de passagem - a falta de paciência dessa regência planetária. Mas esse pode ser mais um daqueles casos que costumo citar e apreciar: o equilíbrio de energias opostas traz harmonia e desenvolvimento. Então, o resultado pode ser um trabalho bem feito, inspirado e executado com rapidez. Melhor não podia ser!

Hoje, a melhor dica que posso dar é: nada de fugir do trabalho! Ao contrário, vamos usar nossa energia com sabedoria, para que possamos transformá-la em atitudes produtivas e realizadoras. 

Ótima terça-feira para todos nós!

A imagem veio daqui


A Sacerdotisa

segunda-feira, 19 de outubro de 2015

Bom dia! :-)

Alguém falou em mudança de ciclo? Pois é... Vocês acreditariam se eu dissesse que já sabia? Ontem, pude sentir com muita intensidade novos ventos chegando. Ontem, aliás, foi um dia estranho... Bem estranho... Acima da estranheza normal que é a minha vida...rs Dia em que fiquei mais quieta, calada, cercada de pessoas que eu amo (10 de Copas), mas ainda assim mais quieta. Um daqueles momentos em que pareço ser outra pessoa e não consigo descobrir, exatamente, porque.

Quando se lê ou ouve algo sobre as tais transformações planetárias, tudo parece muito ficção científica, mas eu garanto a vocês que não é. Tenho visto e vivido coisas muito intensas, que me provam que estamos em transição, de verdade! E quem sente esta transição internamente e externamente, certamente está se preparando para um novo tempo e uma nova energia. É desafiador? Sim! Mas é o tipo de coisa que só vive quem tem potencial e capacidade para viver.

Em função de muitas coisas que tenho escrito, sobre esse tema, várias pessoas me escrevem, aliviadas, concluindo que não estão loucas e nem doentes (ou pelo menos se estiverem, não estão sozinhas...rs). E tenho exercido uma das minhas funções/missões que é acalmar quem passa pelo processo, mostrar que estamos muito mais perto da realidade do que os humanos que vivem suas vidas mecânicas e condicionadas. Tem horas que eu questiono a minha sanidade? Sim! Creio que o tempo todo! rs Mas duas coisas me tranquilizam: 1) quem é louco mesmo nunca acha que é louco, se eu tenho lucidez para questionar minha sanidade, é sinal de que não sou tão louca...rs 2) a vida tem me dado respostas positivas sempre que me permito fluir neste caminho.

Tudo isso que estou dizendo aqui, lógico, é como a fala da Sacerdotisa em dia de regência lunar. E cada dia sinto mais e mais a Sacerdotisa se manifestando em mim. Sinto que estou resgatando coisas que tinham ficado perdidas pelo caminho, sinto que estou me abrindo para outras coisas, sinto que estou encontrando o fio da meada. E sou muito grata por isso!

A maior dica que posso deixar por aqui hoje é a seguinte: muitos ainda não perceberam, mas uma estranha união entre o tempo que está acelerado e a linha tênue que separa o mundo material do mundo espiritual está criando uma nova realidade, uma realidade flexível e mutável, que depende muito do nível de consciência de cada ser e dos pensamentos e sentimentos que ele vibra. Vou explicar melhor: o que se pensa e sente, ou seja, o que se vibra é o que define o que se vive. Estamos mais soltos em relação ao destino, estamos mais maleáveis em relação aos fatos concretos. Se alguém vibra e crê que é feliz, será cada vez mais feliz e terá cada vez mais fatos em sua vida que trazem felicidade. Se alguém vibra e crê na infelicidade, estará manifestando infelicidade. E tudo isso cada vez mais rápido! O que pode, por um lado, trazer mais confusão, mas, por outro, dá a possibilidade de modificar todo o processo, de uma forma igualmente rápida.

A pergunta que não quer calar é: o que estamos esperando para sermos mais e mais felizes? :-)

Que a segunda-feira seja de pura magia transformadora!

A imagem veio daqui

10 de Copas

domingo, 18 de outubro de 2015

Bom dia! :-)

Hoje a postagem chegou atrasada igual ao coelho da Alice! rs Talvez por isso eu tenha gostado desta imagem que, apesar de não fazer uma referência direta ao País das Maravilhas, lembra bastante o chá das loucuras do Chapeleiro.

Pois bem... O que é o 10 de Copas depois de um Ás de Copas? Só posso me lembrar de Raul Seixas cantando: "o início, o fim e o meio"...rs Porque estamos falando de um processo de completude! Começamos com a semente do amor, com os sentimentos mais puros e, ao mesmo tempo, mais idealizados, meio fora do contexto concreto, para depois alcançarmos o êxito, a realização total, a expressão mais madura e material do amor.

Há quem prefira ficar nas loucuras do 3 de Copas, na mistura de inocência e prazer do 6 de Copas ou na sofrência do 5 de Copas, mas eu confesso a vocês que de uns anos pra cá só o 10 de Copas me interessa... Ao mesmo tempo, também sou obrigada a admitir: como é difícil manter uma energia de 10 de Copas! Não somente na vida afetiva, mas na vida como um todo! Mas somos brasileiros e não desistimos! ;-)

Como estamos em um domingão, cuja regência solar nos faz pensar em autoconhecimento e trabalho interior, podemos olhar para este 10 de Copas de uma forma bem específica, ou seja, como um sinal de que chegou a hora de concluir algumas questões interiores, principalmente as mais voltadas para o emocional. Mas também é possível pensar que isso não será um sacrifício ou um desafio, mas o simples caminho natural, resultante de tudo que foi desenvolvido até agora em busca da plenitude do ser, da nossa evolução pessoal.

Dicas para trabalhar esta energia: encontrar pessoas queridas e conversar sobre tudo que é importante; remexer as próprias emoções em busca de um sinal, algo que o Eu Superior queira falar; desenvolver atividades prazerosas e que alimentem o coração. Vamos?

Ótimo domingão!

A imagem veio daqui


Ás de Copas

sábado, 17 de outubro de 2015

Bom dia! :-)

Estão vendo o meu sorrisinho? Sempre que o Ás de Copas aparece eu fico assim! Porque esta energia amorosa universal me faz muito bem! Quando eu brinco, dizendo que "eu sou o amor da cabeça aos pés", não estou me referindo ao lado romântico da história, mas à consciência de que a coisa mais poderosa do planeta é o amor. Se alguém duvida disso, eu recomendo uma prática simples: sentar confortavelmente, fechar os olhos, respirar lenta e profundamente algumas vezes e colocar o foco de atenção no chackra cardíaco, imaginando uma luz intensa pulsando ali, se espalhando por todo o corpo físico e se ampliando por todo o ambiente. Caso seja necessário, é bom puxar lembranças doces e amorosas para intensificar a sensação. Depois de uns 15 minutos nesta frequência, não há mais angústia, medo, dúvida... Parece que a vida flui da forma mais bela e harmoniosa. Experimentem!

Se ontem tivemos a abertura de um novo ciclo, com a energia do Carro trazendo movimento, desenvolvimento e direção, hoje seremos capazes de observar esse movimento ganhando tons de doçura e delicadeza. É como se o Carro potencializasse o Ás de Copas!

Sábado é regido por Saturno, como todos já sabem, dia de falar sobre trabalho e projetos, então, adaptamos o Ás de Copas a uma visão mais prática e podemos concluir sem medo que hoje é dia dar atenção àquilo que nos encanta. Trabalhar com amor, desenvolver projetos que nos realizam não somente em termos profissionais, mas principalmente em termos pessoais: esta é uma boa proposta. Por aqui, já há alguns dias, tenho conversado sobre projetos interessantes que reuniriam talentos de várias pessoas ligadas pela amizade e a forma semelhante e peculiar de ver o mundo. Creio que o sinal de que é chegado o momento de colocar isso no papel, de forma organizada, seja a presença deste Ás de Copas por aqui.

Espero que todos possam aproveitar esta energia da forma mais prática e produtiva possível. Vamos lá, gente! É hora de concretizar sonhos! Vam'bora?! ;-)

Ótimo sábado para todos nós!

A imagem veio daqui

O Carro

sexta-feira, 16 de outubro de 2015

Bom dia! :-)

Mais uma virada de ciclo! O Carro chega agilizando, movimentando, desenvolvendo. O Carro é o Cara! Gostei especialmente desta imagem, porque mostra quatro cavalos, cada um representando um dos quatro elementos. Muito significativo isso, porque sempre que penso neste equilíbrio exigido para que o Carro possa andar e fazer andar, imagino os quatro elementos se harmonizando e criando uma situação de equilíbrio capaz de apontar na direção certa, fazendo com que a rota seguida pelo Carro nos leve a um bom lugar.

Neste momento em que escrevo a postagem (e já são quase 3h da madrugada), acabo de lembrar que o Arcano de ontem foi o 2 de Ouros e que eu passei o final da tarde de ontem fazendo uma mudança geral no meu escritório. Eu nem me lembrei do Arcano regente! Simplesmente, decidi que precisava de um lugar confortável para meu ócio criativo ou para momentos de estudo. A partir daí foi um desafio tentar atender essa necessidade tendo um espaço bem pequeno para administrar e um colchão inflável. O resultado foi incrivelmente bom! A ponto de eu não ter mais vontade de sair daqui.

Vamos seguir o caminho desta matemática: eu dei um primeiro passo na direção da mudança, mudei coisas de lugar, fiz um esforço mental e físico para encontrar a melhor solução. Agora, hoje, estando em equilíbrio interior, tenho o direito de colher mudanças maiores, significativas e positivas.

Ok, não pensem que eu me esqueci que hoje é sexta-feira de Vênus... Eu nunca esqueço disso! rs Mas vejo a influência do Carro em questões mais amplas do que amor/relacionamento. Creio que hoje será um dia bem interessante! E não consigo crer que vamos encerrá-lo da mesma forma que começamos... O que fazer? Agradecer... É um bom começo! ;-)

Ótima sexta para todos nós!

A imagem veio daqui

2 de Ouros

quinta-feira, 15 de outubro de 2015

Bom dia! :-)

Se ontem o Rei de Espadas veio com todo um conteúdo mental, racional, cheio de explicações e lógicas, hoje o 2 de Ouros vem para mudar tudo. O engraçado é que, como sempre, ontem lá pelo começo da noite eu já comecei a sentir essa energia por aqui. É incrível como a energia dos Arcanos começa a se entrelaçar, fazer a transição de um dia pra o outro!

De fato, por aqui a energia mudou. A minha em primeiro lugar e depois tudo em volta. O que comprova aquela teoria bonita (mas que a maioria prefere acreditar que é conto da carochinha) de que a transformação começa dentro e depois vai pra fora, ou seja, que quando ficamos bem, tudo em volta começa a funcionar bem.

Pois bem, o que sempre falamos do 2 de Ouros? Que quando ele aparece, nos convida a ter um pouco de ousadia, afirmando que quando fazemos o movimento em direção à mudança, ela vem trazendo ainda mais mudanças. É curioso que uma carta de Ouros fale de ousadia, mas eu já reparei que existem "cartas invasoras" em todos os naipes, ou seja, cartas que possuem uma energia mesclada com outro naipe. Mas eu vejo que a maior ousadia do 2 de Ouros é ter a flexibilidade de encarar as mudanças maiores quando elas chegarem.

Manter o controle sobre tudo que acontece em volta é um dos grandes desejos do ser humano, aliás, uma mistura de pretensão com tolice espetacular! rs Queremos fazer mudanças com bisturi, com precisão cirúrgica, ignorando solenemente um fato inexorável: tudo muda o tempo todo no mundo (o Lulu já sabia...rs) e, mais além, como tudo está interligado, nossa permissão para uma mudança específica vai acabar alterando outros aspectos da vida. E é prova de sabedoria e maturidade compreender, aceitar e usufruir disso.

Como o Grande Benéfico Júpiter abençoa a quinta-feira, este será nosso poder hoje: promover mudanças! Que assim seja! ;-)

Ótima quinta para todos nós! 

A imagem veio daqui

Rei de Espadas

quarta-feira, 14 de outubro de 2015

Bom dia! :-)

Ontem, inauguramos o ciclo de Mundo e hoje damos o primeiro passo transitando pela mente, os pensamentos, a justiça e a razão, ou seja, com a presença do Rei de Espadas.

Este é o Rei que foi razão de uma certa implicância da minha parte durante muitos anos. Com o tempo, fui aprendendo a entender seus talentos e habilidades e o quanto ele pode ser uma influência importante em nossas vidas.

Todos precisamos de lucidez, mente clara, senso de justiça e capacidade de comunicação. Essas são as características do naipe de Espadas e que chegam ao seu ápice e maturidade, exatamente, no Rei.

Como hoje é quarta-feira, dia regido por Mercúrio (o moço com asas nos pés), vamos nos ocupar da comunicação, da interação com as outras pessoas, e por conta disso o Rei de Espadas pode ser muito, muito útil, levando-se em conta que ele tem tudo a ver com os diálogos e a capacidade de se expressar de forma justa.

Engraçado... Vejo mais este Rei como uma pessoa ou situação que, simplesmente, acontece. Não me parece que seja algo que nós devemos fazer, mas muito mais algo que devemos esperar...

A parte que nos cabe neste latifúndio é sermos claros, usarmos palavras (escritas ou faladas) exatas e precisas, de resto, a ideia é observar o que acontece em volta com muita atenção, somente assim se descobre qual o fio condutor da história.

Assim vamos...

Ótima quarta-feira para todos nós!

A imagem veio daqui

O Mundo

terça-feira, 13 de outubro de 2015

Bom dia! :-)

Vamos mudar? Girar? Renovar o ciclo? Então... No ciclo da Roda da Fortuna tivemos três cartas, inclusive a primeira versão da Princesa de Espadas. Depois o ciclo mudou para o tom do Imperador e com ele tivemos a outra versão da Princesa de Espadas. E rapidamente outro ciclo se apresenta, agora sob a regência do Mundo.

Bem, o Arcano do Mundo é uma daquelas cartas queridinhas da galera...rs Ele fala do momento em que se ultrapassa os limites autoimpostos, momento de vencer barreiras, de alcançar aquilo que parecia totalmente impossível. Quando esta carta aparece, é impossível não pensar em algumas coisas: 1) uma viagem 2) uma mudança grandiosa de vida 3) a plenitude que se atinge em algo que vem sendo desenvolvido há tempos 4) aquele momento em que é possível se sentir totalmente conectado com o universo inteiro.

Talvez, em função da grandiosidade energética existente nesta carta, torna-se difícil imaginar situações práticas e corriqueiras que possam expressá-la. Mas não custa colocar a imaginação para funcionar um pouquinho... E este é o "dever de casa" que eu trago para esta terça-feira: observar todos os eventos ocorridos no dia de hoje e tentar identificar em que ponto eles se identificam com a energia do Mundo.

É bom lembrar também que na terça-feira a regência de Marte é bem ativa e este Mundo aí tem cara de avanço, conquista, realização plena de algo pelo qual já lutamos muito. De qualquer forma, eu recomendo o meu método: se a coisa não acontece, a gente acontece a coisa...rsrsrs Ou seja, a gente cria algo que corresponde à energia do Arcano para estimular a magia em nossa vida. Costuma funcionar bem... ;-)

Ótima terça para todos nós!

A imagem veio daqui


Princesa de Espadas

segunda-feira, 12 de outubro de 2015

Bom dia! :-)

O ciclo de Imperador se inicia com mensagens, conversas e informações. Na verdade, a Princesa de Espadas está cercando o Imperador, antes (no sábado) e depois (hoje, segunda), o que me faz pensar que existem concretizações e realizações materiais que dependem de diálogo e informação. Talvez, um pouco de estudo e embasamento façam toda a diferença na hora de tornar algo mais real e mais organizado.

Como estamos em uma segunda-feira, dia de regência lunar, os temas escolhidos são a magia e a espiritualidade, o que nos leva a deduzir que as notícias podem ser bem mais metafísicas do que o normal. Isso muito me interessa...rs

Vamos pensar em termos práticos... O que pode ser esta Princesa de Espadas em segunda-feira de Lua? Conversas profundas sobre espiritualidade e magia que trazem para o nosso cotidiano uma sensação de conexão entre o mundo visível e o mundo invisível. Informações que chegam através de intuição ou contatos espirituais. Estudos e pesquisas sobre caminhos mágicos... Todas essas opções se encaixam perfeitamente com o dia de hoje.

Aliás, cabe dizer, nesta semana teremos dois (ótimos) Arcanos Maiores, duas cartas de Espadas, duas cartas de Copas e uma carta de Ouros, em resumo, teremos movimento. Minha dica para começar bem esta jornada é criar uma conexão especial, hoje, com os protetores espirituais, capturar os melhores conselhos e orientações. Estou sentindo que teremos algo especial... Fiquem atentos!

Ótima segunda para todos nós! Salve Nossa Senhora Aparecida! Viva as crianças, inclusive aquelas que trazemos dentro de nós e que devem ser tão bem cuidadas.

A imagem veio daqui

O Imperador

domingo, 11 de outubro de 2015

Bom dia! :-)

Novo ciclo, vida nova. Saímos da Roda da Fortuna, como toda a sua mobilidade, suas viradas, e passamos para um Arcano extremamente estável e firme. A conclusão é que foi preciso chacoalhar uma determinada situação para que depois, após as mudanças acontecerem, tudo voltasse a se equilibrar e ganhasse estrutura.

Também fico pensando aqui com meu teclado... Seja lá o que tenha chegado desta forma tempestuosa de Roda da Fortuna, há aí uma capacidade de adaptação muito incrível! Em quatro dias o que se apresentava como novidade virou estrutura, estabilidade, equilíbrio. Por dedução (muito) lógica, temos o direito de imaginar que esse algo que chegou já era predestinado a chegar, confere, produção? Até porque a carta da Justiça também andou visitando o Via Tarot há pouco tempo. Maktub!

Pois bem, toda esta maravilhosa estabilidade e segurança do Imperador muito me agrada. Nunca tive problemas de relacionamento com o Imperador...rs Não o vejo como autoritário e castrador, mas como um paizão cuidadoso que, quando muito, peca pelo excesso de proteção. Sua energia traz uma sensação de que tudo está onde deveria, tudo que prosperou já está sendo bem administrado, que a fertilidade que trouxe a colheita agora traz também uma estrutura de distribuição muito eficaz.

Hoje é dia de Sol, dia de autoconhecimento e trabalho interior. Minha proposta é absorver e incorporar os atributos do Imperador a nosso favor. Como? Olhem para a imagem acima. Que tipo de conceitos este homem nos passa? Eu diria: sério, forte, corajoso, estruturado, firme, seguro, capaz... Ao invés de questionar o quanto somos capazes de ser assim, que tal simplesmente olhar para o moço aí e trocar energia com ele? Nós podemos muito, podemos mais... Mas precisamos acreditar! ;-)

Vam'bora então, pessoas! Ótimo domingão pra todos nós!

A imagem veio daqui

Princesa de Espadas

sábado, 10 de outubro de 2015

Bom dia! :-)

Hoje é dia de novidades! A Princesa de Espadas sempre traz o vento do novo, das notícias, das informações interessantes. Vamos aproveitar isso da melhor maneira possível, certo?

Mas como a energia do Arcano sempre começa a pairar antecipadamente, por aqui, normalmente na noite do dia anterior, ontem de noite eu contei coisas da minha vida que nunca havia contado. E ouvi coisas também nunca antes reveladas.

Mas eu espero mais desta Princesa! Estou sentindo mesmo os ventos da mudança pairarem por aqui. Como o sábado é de Saturno, provavelmente serão temas ligados à vida profissional e aos projetos que acalentamos já há algum tempo.

Um outro dado interessante vem se juntar à energia do Arcano do Dia: Mercúrio que estava retrógrado há algum tempo voltou ao seu movimento normal. Isso quer dizer que estamos menos sujeitos à comunicação equivocada, aos mal entendidos. Agora o diálogo passa a acontecer de forma mais clara.

A Princesa de Espadas também enfatiza os bons diálogos, a capacidade de se expressar. Apesar de que o movimento da fala e da escrita estão mais presentes no Príncipe de Espadas e na Princesa temos mais a mensagem em si, não podemos descartar a possibilidade de usar o elemento Ar a nosso favor.

Dia de encontrar amigos e colocar a conversa em dia, dia de escrever e desenvolver projetos, dia de divulgar um trabalho, dia de enviar mensagens para pessoas e para o planeta em busca de compartilhar ideias e ideais... Assim será nosso sábado!

Vamos aproveitar esta "vibe"! :-)

Ótimo sábado para todos nós!

A imagem veio daqui

9 de Ouros

sexta-feira, 9 de outubro de 2015

Bom dia! :-)

Alguém consegue imaginar como se pula do Ás de Ouros para o 9 de Ouros? Através das metodologias mais comuns, eu diria, com muito esforço, mas se trilharmos um caminho mágico, posso dizer que com uma certa fluidez e facilidade.

Vamos fazer uma retrospectiva: o ciclo é de Roda, que mostra que as coisas mudam, as fases se encerram e iniciam, depois veio o Ás de Ouros para provar que estava se falando de viradas relacionadas às coisas concretas, materiais, práticas e agora o 9 de Ouros já avisa que a colheita vai acontecer, o que foi plantado já pode ser colhido.

Eu gostaria de saber que feijão mágico é este que é plantado em um dia e chega ao seu ápice no dia seguinte...rs

Pois bem, por enquanto ainda não tenho certeza sobre o que estamos falando, mas desconfio. Pelo menos em relação a minha vida. Mas em termos de energia e interpretação simbólica, o que temos aqui é algo que dá o primeiro passo em direção à realização em um dia e no outro dia já obtém seus primeiros resultados.

O que posso desejar para todos nós é que o passo correto tenha sido dado ontem, para que hoje tenhamos colheita farta.

Vamos nos lembrar que hoje é sexta-feira de amorzinho? Vamooossss! rs

O 9 de Ouros pode mostrar ou confirmar que um relacionamento é, de fato, próspero, tem futuro. Fiquem atentos aos desdobramentos de relacionamentos, porque eles podem se apresentar como verdadeiros sinais, como setas dizendo "sigam por aqui".

Sabemos que relacionamento é algo que se constrói, cuidadosamente, amorosamente. Vamos fazer a nossa parte então! ;-)

Ótima sexta de amorzinho para todos nós.

A imagem - linda - veio daqui

Ás de Ouros

quinta-feira, 8 de outubro de 2015

Bom dia! :-)

Se ontem a Roda da Fortuna fez o mundo girar, hoje damos o primeiro passo, concreto, neste caminho novo que surge. Vocês se lembram que ontem eu disse que a virada era positiva em função do Arcano que apareceria hoje aqui? Pois bem... É que o Arcano de hoje é o primeiro tijolinho que vai construir a tal mudança.

O Ás de Ouros tem uma energia de projeto que se inicia. E quando eu falo em projeto estou pensando mesmo em um tipo de planta baixa, um tipo de esquema de construção. Vamos construir algo, não sabemos como será o resultado final, mas ao menos já sabemos o começo da história e o quanto de vontade que existe para a realização desse projeto.

Esta carta ganhou um significado especial para mim desde o final da tarde de ontem, quando me falaram algo que eu já sei, mas que eu ouvi de forma diferente e todo o meu ser disse "sim!!!" é hora de eu começar esta construção, este projeto, esta ação. E ganhou um significado ainda maior quando, de noite, uma pessoa muito querida me contou, oficialmente, uma decisão que tomou e que vai influenciar meus passos de agora em diante. Sim, esta quinta-feira, com toda a sua influência do Grande Benéfico, é especial, podem marcar na agenda! ;-)

Venho experimentando vários aprendizados nos últimos tempos e um deles me diz que tudo mudo em volta quando a gente muda dentro. E que a forma como sentimos e percebemos a vida é que vai definir o peso e valor das coisas... A paisagem cinza ganha cores, o tédio vira motivação, o que antes dava preguiça agora pode dar sorrisos e dancinha engraçada e comemorativa.

Ser feliz é uma escolha, mas não é um movimento racional, mas uma mudança no ponto de aglutinação, uma escolha de ficar em outro lugar em termos energéticos. Difícil de explicar, mas fácil de lembrar quando já passamos pela experiência. Como dizia Dóris, minha querida bruxa mestra, o mais difícil é trilhar o caminho pela primeira vez, depois que fazemos isso, retornar é mais fácil. Ao lembrar desse ensinamento, concluo que ando certa em minhas conclusões: a questão não é pensar diferente é se deslocar para um lugar diferente, energeticamente, em termos mágicos.

Que a quinta-feira seja o começo de tudo que queremos e merecemos, resultado de árduo trabalho de crescimento pessoal e espiritual.

A imagem veio daqui

Roda da Fortuna

quarta-feira, 7 de outubro de 2015

Bom dia! :-)

Olha um novo ciclo surgindo aí! Eu comecei a sentir esta virada da Roda ontem, precisamente às 18h 30min. Mudança com hora marcada! rs O mais interessante é que mais duas pessoas com quem convivo de maneira bem próxima sentiram a mesma coisa. Estávamos os três meio estranhos, angustiados, de baixo astral e, de repente, do nada, houve um "click", uma virada, e ficamos leves de novo.

A Roda gira...

Entender a Roda da Fortuna é entender os ciclos. É compreender que a vida não é monótona. É perceber, de forma clara, que aquela inércia absolutamente segura, com a qual ficamos sonhando, não existe. Tudo muda o tempo todo no mundo, como diz o mestre Lulu Santos. E isso é bom.

Como o ser humano funciona? Quando tudo está ruim, ele grita: pelamordedeus! Muda logo, muda tudo! Quando tudo está bom, ele grita: para, congela, amarra, prende não quero que isso mude nunca mais! Sinto ser a portadora da má notícia: não funciona assim...rs

O grande desafio é administrar a mudança constante. Mudar constantemente não quer dizer que precisamos destruir tudo para reconstruir (isso é a Torre e não a Roda). Também não quer dizer finalizar algo (isso é a Morte e não a Roda). Quer dizer que não estamos parados, estamos em constante movimento e vamos absorvendo sempre novas informações, novas vivências, novas visões e percepções. E um outro nome para isso é crescimento ou desenvolvimento ou evolução.

Como estamos em uma quarta-feira de Mercúrio, podemos focar tudo isso para a comunicação e a forma de interagir com os outros. Mudar sempre, mudar bem e pra bem. Adaptar a fala e a escrita para diferentes pessoas, em diferentes momentos. Isso é uma arte! E hoje, especialmente, essa arte vai trazer um resultado muito bom! E eu afirmo isso com tal ênfase porque eu sei de algo que vocês não sabem... O Arcano de amanhã! ;-)

Vamos usar nossa inteligência de forma muito especial e flexível hoje. É a minha dica pra vocês!

Ótima quarta-feira para todos nós!

A imagem veio daqui

Princesa de Copas

terça-feira, 6 de outubro de 2015

Bom dia! :-)

Continuamos na energia de Princesa, mas agora o Reino é de Copas, o elemento é a Água, estamos todos mais sensíveis. Mas é interessante perceber que é uma sensibilidade temperada com a energia de Marte, regente planetário do dia, o que pode nos trazer momentos mais calientes, apesar de, ainda assim, românticos.

Se na terça-feira temos o momento propício para as decisões, os embates e as conquistas, com a Princesa de Copas dando o tom, seremos capazes de fazer tudo isso com uma boa fluência, um toque de diplomacia e suavidade. Eu gosto!

A Princesa de Copas sempre me faz lembrar dos nascimentos, os começos, algo que surge e com o qual temos um vínculo emocional. Esse Arcano também fala de notícias que trazem um sentimento doce, gostoso, amoroso... Aqui o tema pode nem ser o namoro, propriamente dito, mas estamos transitando em um território rico de emoções.

A pergunta que fica no ar é: o que vai nascer e que será capaz de tocar o coração de uma forma tão significativa?

Bem, eu não sei... Ainda...rs Mas sinto que pode tanto ser algo nada discreto, pode ser uma situação intensamente amorosa, quanto pode ser um deslizar sobre as águas, algo que nem percebemos com muita clareza, mas que se anuncia com um sorriso nos lábios.

Espero que vocês possam sentir a delicadeza deste Arcano. Eu tenho vibrado muito isso nos últimos tempos... Uma alegria calma, uma docilidade, uma gratidão enorme de estar viva, de ser quem eu sou, de conviver com as pessoas que convivo. A vida é boa... Sim... A vida é.

Ótima terça-feira para todos nós!

A imagem veio daqui


Princesa de Paus

segunda-feira, 5 de outubro de 2015

Bom dia! :-)

Já que o Arcano de hoje é esta mocinha, com a qual me identifico tanto, resolvi abrir a postagem falando sobre alguns processos pelos quais venho passando. Vocês me dão licença? :-)

Faz tempo que não gravo vídeos do Arcano do Dia! Mil coisas justificam isso, mas senti que estava chegando o momento de retomá-los. Resolvi, então, dar uma olhada em postagens antigas e fui parar em 29 de novembro de 2014. Precisava vir aqui agradecer a todos vocês pela companhia e por me motivarem, constantemente, a continuar a fazer o Via Tarot, que já completou oito anos de vida, com postagens diárias. Tenho várias razões para ser grata, mas, em especial, nessa situação, faço isso porque ao assistir o vídeo consegui entender uma série de processos emocionais e percebi o quanto as minhas palavras, de certa forma, foram proféticas, por um lado, e por outro lado percebi um processo de cura e amadurecimento emocional que me levou a um momento muito diferente do vivido naquele tempo.

Muitas vezes, não percebemos as transformações que ocorrem dentro de nós porque estamos conosco todos os dias...rs É como não perceber que alguém próximo engordou ou emagreceu. Estamos sempre ali e tudo parece muito igual. A distância nos permite enxergar coisas de uma forma mais ampla, assim como os pintores se afastam da tela para percebê-la melhor. Assim, apesar de acreditar que eu não mudei muito em 10 meses, eu mudei... E muito profundamente.

Ontem, também, tive uma conversa muito profunda e sensível com meu filho. Falamos de vários assuntos, mas especialmente nossos conflitos interiores, medos, inseguranças. E é tão gratificante poder fazer isso! Não como uma mãe que sabe tudo e resolve problemas, mas como alguém que também está buscando respostas, mas já passou por mais anos e mais desafios. E no final da conversa eu fiquei refletindo: como somos complexos! Quantas coisas mirabolantes acontecem dentro da mente humana! E quantas vezes temos a impressão de estarmos enlouquecendo ou de que somos muito diferentes e esquisitos, mas, no fundo, somos todos muito iguais: verdadeiros desconhecidos para nós mesmos. A vida é pra isso! Para que possamos aprender mais sobre nós e sobre todo o resto. "Conhece-te a ti mesmo", desde Delphos o povo já sabia disso.

Mas o que tudo isso tem a ver com a Princesa de Paus? Calma... Eu explico...

A Princesa de Paus traz dentro de si a paixão pela vida! Ela é criativa e entusiasmada! Ela não tem medo de abrir seu coração, a mocinha é corajosa e se lança no desafio pra lá de gostoso de viver, ela é, praticamente, uma "força da natureza"! E, neste seu processo de uma curiosidade infantil e plena,  ela aprende a conviver com a intensidade sem temor.

A Princesa de Paus também aprende a importância de se comunicar, aliás, ela faz isso de forma muito criativa e eficaz. Esse é um processo terapêutico: traduzir o que se pensa e sente em palavras e, a partir daí, começar a traçar paralelos com tudo em volta. Junto com tudo isso, temos no naipe de Paus a centelha divina, a Divindade que nos anima, e com ela a visão sagrada de cada minuto de inspiração e expiração.

Não tenho dúvida de que temos sempre muitas razões para agradecer, a vida é uma experiência mágica! E viver sem a consciência disso é desperdiçar uma existência inteira com banalidades. O que realmente importa? É uma percepção tão sutil... Mas, ao mesmo tempo, tão clara e tão concreta. Para onde nossos olhos se voltam? Os olhos alimentam... Alimentam de energia o que está sendo observado. Saber disso muda totalmente a forma de olhar a vida.

Nossa herdeira do Reino do Fogo sorri com os olhos e sabe se conectar com a Essência Divina. Levando em conta que estamos em uma segunda-feira de regência lunar, tudo isso faz muito sentido! A proposta hoje é olhar a vida com entusiasmo e criatividade, tendo consciência de que somos seres espirituais que animam corpos físicos. E que estamos aqui para aprender, aprender e aprender... Mas sem fazer disso um sacrifício, mas sim uma jornada em que uma pequena heroína de coração enorme, pleno de paixão pela vida, sente prazer de se lançar.

Sigamos, pois, nesta jornada linda!

Ótima segunda para todos nós!

A imagem veio daqui


A Força

domingo, 4 de outubro de 2015

Bom dia! :-)

O 2 de Ouros de ontem anunciou a mudança e cá está ela, a mudança de ciclo! Saímos da vibração mais determinista e entramos na energia que flui a partir da tomada de consciência de nosso próprio poder.

Pensar em um Arcano que fala de força sempre nos leva  a pensar em uma energia mais guerreira. E, de fato, algumas interpretações do Arcano da Força apontam para esse lado. Mas é sempre bom lembrar que estamos falando de uma força sutil, uma força feminina, que não bate de frente, mas busca caminhos sinuosos para chegar ao seu objetivo.

Quando esta carta aparece, penso sempre em todos os recursos que existem para se vencer uma batalha sem tirar a espada da bainha. Sim, porque eu acredito que a melhor vitória é aquela em que não precisa haver guerra.

Hoje, domingão, de regência solar, minha proposta é de direcionar a Força para o autoconhecimento e o trabalho interior. Como fazer isso? Simples... Vamos começar com o fortalecimento do poder pessoal. Vamos fazer este poder ser poder mesmo, né? rs E aí vem um segredinho que vou compartilhar com vocês... Vivo dizendo por aqui que a energia vital é o que regula o nosso poder pessoal. Digo também que a energia sexual é apenas uma das várias expressões da energia vital. E agora completo a informação: a Força é um dos Arcanos que trabalha de forma mais harmoniosa e eficiente a energia sexual/vital. Quando falo de energia sexual não estou me referindo ao desejo que se sente por outra pessoa, mas ao trabalho interior com sua própria sexualidade. E esse é um mistério que merece ser estudado, viu? Acreditem, é um caminho de incrível fortalecimento espiritual.

Mas para quem ainda não mergulhou em tais mistérios, sejamos práticos! Vamos aproveitar o domingo para vasculhar todos os nossos melhores talentos, habilidades, dons... E vamos colocar nosso foco neles, fazendo, assim, com que essa energia se multiplique. Vamos? Sigam-me os bons, já dizia o mestre Chapolim! ;-)

Ótimo domingo para todos nós!

A imagem veio daqui

2 de Ouros

sábado, 3 de outubro de 2015

Bom dia! :-)

Ontem, o encontro com a família espiritual foi tão bom, mas tão bom, que não consegui fazer a postagem de hoje...rs Tenho redescoberto isso... O prazer de encontrar pessoas afins, a alegria de compartilhar momentos, conversar, rir, se permitir as bobeiras dos tempos de menina, mas falar sério também, porque uma coisa não exclui a outra.

Minha experiência de 10 de Copas foi assim... Um encontro gostoso, muito riso, lembranças... Acabei perdendo a hora (ou achando...rs Acho que achei...rsrsrs) e não fiz a postagem. Quando cheguei em casa, continuei na energia harmoniosa e feliz, mandei boas energias para todos vocês, mas achei melhor escrever a postagem hoje...rs

Então cá estou eu, nesta manhã de sábado, para falar com vocês sobre o 2 de Ouros

Recapitulando: estamos em ciclo de Justiça, passamos pela Princesa de Espadas, o 4 de Copas, a Rainha de Copas, a Princesa de Ouros e, finalmente, o 10 de Copas. A sensação que tenho é que se traçou um percurso que começou a ser trilhado... Esse percurso é voltado para o equilíbrio emocional dentro de um contexto de construção de uma realidade. E ao mesmo tempo em que as coisas foram acontecendo naturalmente, hoje, sábado, com o 2 de Ouros por aqui, vemos a possibilidade de uma virada, mas não uma virada qualquer... Eu diria que é um momento de transformação que já estava planejado desde o começo, só que ninguém reparou.

O 2 de Ouros sempre fala das pequenas mudanças que fazemos em termos de comportamento e de vida e que, aparentemente, não trariam repercussão tão grande, mas que nos surpreendem com seus resultados. Como não se tem a visão ampla de tudo que acontece e de todas as possíveis repercussões, fica difícil entender o que é relevante, em termos de atitude para que as mudanças aconteçam, e o que não é. Creio que seja uma daquelas coisas que a gente só descobre na prática.

Com a regência de Saturno do sábado, os papos serão sempre mais voltados para a vida profissional e o desenvolvimento de projetos, e creio que devemos levar em conta mudanças de direção e, mais do que isso, a possibilidade de manter a mente aberta para a possibilidade de mudar de rumo, ou, simplesmente, fazer algo rotineiro de maneira diferente, inovadora. Vale a pena trilhar caminhos diferentes para obter novos resultados! ;-)

Ótimo sábado para todos nós!

A imagem veio daqui