9 de Paus

terça-feira, 16 de janeiro de 2018

Bom dia! :-)

Hoje, temos outro 9, desta vez sob o aspecto do elemento fogo. Um 9 ativo, intenso e cheio de energia. Um 9 determinado... Se juntarmos todas essas  características vamos perceber diversas semelhanças com Marte, o regente da terça-feira e eterno guerreiro.

Sempre que falamos de guerra pensamos em estratégias brilhantes, mas esquecemos da necessidade de extrema disciplina. Não gosto muito do conceito de guerra (e nem da guerra). Mas isso é verdade.

Quem lê o Via Tarot sabe que eu sou fiel defensora da disciplina e acredito que sem ela não há salvação. Mas é comum associar a disciplina a coisas chatas, rotineiras, repetitivas e não precisa ser assim.

O desafio de hoje é tornar a disciplina prazerosa. Pode parecer difícil, mas é apenas uma questão de hábito. Com isso, será bem mais fácil impulsionar ideias e fazer valer a regência de Marte de hoje.

Uma conquista recente tem sido viver a disciplina diária e o cumprimento das obrigações de uma forma mais que leve! Agradecida... Tudo bem que isso foi depois de 25 dias de recesso de consultas e um período muito tranquilo na escola, sem crianças e outros funcionários. Ajuda bastante...rs

Então, vamos...

Ótima terça para todos nós!

A imagem veio daqui

9 de Ouros

segunda-feira, 15 de janeiro de 2018

Bom dia! :-)

A semana começa com o 9 de Ouros e tem uma característica interessante que é, dentro de um ciclo de Sacerdotisa (tão sutil e abstrato), trazer esta energia tão concreta, tão vinculada à terra.

Uma das coisas que considero tão fortes no trabalho com o tarot é a mistura de energia e todos os desdobramentos desta alquimia. Com a experiência prática, conseguimos detectar a presença dos elementos e seus movimentos.

O 9 de Ouros é uma carta que reflete o princípio da prosperidade. Sempre que esta carta aparece, devemos estar atentos às possibilidades de colher algo que foi plantado há algum tempo. Às vezes, isto tudo é muito claro... Você se lembra o que plantou, como plantou... Em outras situações você não se lembra e nem ao menos consegue associar uma nova conquista a algo que você fez anteriormente. Mas, acredite, esta ganho não "caiu do céu" Ele é a resposta de um esforço feito.

Um detalhe interessante é o fato de que hoje estamos em um dia regido pela Lua, quando colocamos o foco de interpretação na magia e na espiritualidade e, por outro lado, temos um Arcano regente tão concreto, tão material, tão "pé no chão". Sinal de que esta será mais uma chance de intercambiar estes dois aspectos da nossa vida, o espiritual e o material.

Pois bem... Duas dicas: 1) use toda esta forte energia de materialização para dar estrutura e base a sua vida espiritual 2) use toda a profundidade espiritual ou, ainda, os movimentos mágicos para construir algo de importante na sua vida.

Que a segunda seja de colheita!

A imagem veio daqui

Ás de Copas

domingo, 14 de janeiro de 2018

Bom dia! :-)

Há algum tempo, eu não reparava na influência antecipada dos Arcanos. Mas ontem foi fácil perceber o 4 de Espadas dando lugar ao Ás de Copas em torno das 22h... Aquele momento em que consegui abrir espaço para uma percepção nova, saindo do estado "quero ir pra minha casa ver filme" para o estado "uhu! Este show tá muito bom!" E olha... foi bom mesmo!

O Ás de Copas, como costumo dizer sempre, não é uma carta de amorzinho... É uma carta que costuma expressar o momento em que se abre para os sentimentos ou se inicia um processo de percepção da existência do sentimento. O Ás de Copas não fala de um relacionamento e nem de pessoas apaixonadas, ele fala do amor em si, o sentimento que surge dentro de cada um e é compartilhado com outras pessoas.

Na hora de escolher a foto, resolvi optar por uma bem comemorativa, que refletisse o brinde de uma celebração. Mais ainda... percebam que este brinde é feito debaixo da lua e, creio eu, ganha tons de ritual de gratidão. Um ritual feminino (pois possui dois símbolos sagrados vinculados ao feminino: a lua e a taça) que é confirmado pela presença de tantas figuras femininas de poder por aqui, desde o início do ano.

Um outro significado do Ás de Copas que vale a pena comentar é o de bênção, recebimento, é o momento em que somos capazes de nos abrir para receber algo de muito bom. Receber uma graça, uma bênção ou um presente não é algo aleatório... É preciso saber receber! É preciso permitir o recebimento desta dádiva. E para isso é preciso entendimento, entrega, aceitação, confiança, fé... Uma longa lista de atributos que devem ser cultivados diariamente.

Como o domingo é regido pelo Sol e a orientação é o trabalho interior, vamos pegar essa listinha aí e começar a conferência? Eu já fiz a minha parte e coloquei a imagem de uma mandala que representa a fé na área de trabalho do meu notebook. ;-)

Ótimo domingo!

A imagem veio daqui

4 de Espadas

sábado, 13 de janeiro de 2018

Bom dia! :-)

Gente! Gente! O 4 de Espadas em ciclo de Sacerdotisa fez tanto efeito que eu simplesmente esqueci - es-que-ci - de fazer a postagem de hoje. Acabei de lembrar agora, depois de metade do dia muito proveitosa, capinando o quintal, cuidando das plantas, fazendo suquinho verde, dando um jeito na casa, fazendo caminhada com o namorado, preparando o almoço e arrumando mais umas coisinhas. Foi somente agora, em que dei uma parada para descansar, que veio aquela sensação de "engraçado... parece que não fiz algo que precisava fazer".

Pois bem, então cá estou eu, usando uma situação bem prática para explicar o que um 4 de Espadas em ciclo de Sacerdotisa pode expressar.

A Sacerdotisa é um Arcano que tem muito a ver com o silêncio e a introspecção. E o 4 de Espadas é a carta da meditação, ela expressa um momento em que paramos de pensar, nos preocupar em demasia, repetir todos os hábitos e condicionamentos. O 4 de Espadas é um esvaziamento da mente para que possamos experimentar algo novo, algo que seja como um vento fresco e renovador em nossas vidas. O 4 de Espadas é uma carta que fala do movimento oposto ao stress...

Creio que com esta explicação todos vocês conseguiram compreender porque tudo isso tem tanto a ver com o fato de eu ter tido uma noite primorosa de sono tranquilo, acordado e feito algo que não faz parte da rotina de sábado de manhã (cuidar do jardim), ter retornado ao suco verde (que não faço há algum tempo) e estar tão totalmente relaxada e com a mente aberta às novas experiências que esqueci da minha antiga (de 10 anos! rs) rotina de fazer postagens no Via Tarot. :-)

A dica especial de hoje é a seguinte: fuja das rotinas, fuja da antiga forma de pensar, abra a possibilidade de fazer coisas diferentes e inusitadas, e, principalmente, abra espaço para novas oportunidades de enxergar e pensar a vida.

Caminhando por aí, vamos bem!

Que o sábado seja de renovação!

A imagem veio daqui

A Sacerdotisa

sexta-feira, 12 de janeiro de 2018

Bom dia! :-)

O que temos aqui? Mudança de ciclo e mais uma figura feminina forte nesta semana. A Sacerdotisa traz para a nossa sexta-feira de amorzinho este tom misterioso e profundamente espiritual.

Tenho vivido momentos especiais quando o assunto é espiritualidade e mergulho interior. E por falar nestes mergulhos e movimentos introspectivos, depois de um 8 de Copas parece que tudo fica mais fácil.

Quando unimos uma Sacerdotisa com a energia de Vênus, regente da sexta-feira, temos uma mulher menos recatada, espiritualizada e mediúnica, e bem mais misteriosa, atraente e intuitiva.

Outro detalhe é que a presença da Sacerdotisa dá uma pista de como agir hoje: a palavra é de prata e o silêncio é de ouro. E eu complemento a informação: aproveitemos o dia para perceber, captar, permitir e se permitir.

Não me perguntem porque, mas tenho a sensação de que a sexta será muito especial... Por que? Não sei... Em que setor da vida? Não sei... Mas sinto, desta forma mística e misteriosa, semelhante à Sacerdotisa, que teremos a oportunidade de experimentar momentos especiais. Busquem esta conexão com os aspectos mais sutis e vocês me entenderão.

Ótima sexta para todos nós!

A imagem veio daqui

8 de Copas

quinta-feira, 11 de janeiro de 2018

Bom dia! :-)

Depois de usar a racionalidade da Rainha de Espadas e sua incrível capacidade de comunicação, ontem, hoje vamos na direção oposta, colocando o foco no aspecto emocional e mergulhando em direção à introspecção. Confesso que a Rainha de Espadas me fez muito bem, a ponto de acordar sozinha meia hora antes do despertador tocar. Isso, pra mim, é uma vitória e tanto! rs

O 8 de Copas é uma daquelas cartas polêmica! Tem gente que ama, tem gente que odeia. De um modo geral, quem odeia tem dificuldade de lidar com suas próprias emoções e ainda está longe de um bom treinamento em auto observação. E quem ama já entendeu a importância de cultivar a harmonia emocional e despertar a consciência sobre si, suas reações e motivações.

O 8 de Copas é uma das cartas de cura do tarot. Ela costuma apontar o momento em que a vida oferece uma oportunidade de refletir sobre comportamentos emocionais do passado, dando a chance de compreender, curar, transcender e, finalmente, agir no presente de uma forma diferente. Isso gera um sentimento muito positivo! Eu recomendo!

Como estamos em uma quinta-feira regida pelo Grande Benéfico Júpiter, arrisco dizer que temos a possibilidade de alcançar um grau a mais na escala de poder pessoal se conseguirmos realizar essa cura emocional. Mais do que isso, a sorte do "planetão" do poder pode se manifestar como uma chance de resgatar algo do passado que parecia perdido, que pode ser desde uma amizade até a autoestima.

Mergulhemos pois... ;-)

A imagem veio daqui

Rainha de Espadas

quarta-feira, 10 de janeiro de 2018

Bom dia! :-)

Não sei se vocês repararam mas desde que iniciamos 2018 temos por aqui diversas presenças femininas, tanto em Arcanos Maiores quanto em Menores. Estamos no décimo dia e já somamos cinco figuras femininas, até domingo terá mais uma.

Esta presença tão forte da energia feminina aqui no Via Tarot reflete um período em que tenho pensado bastante sobre questões relacionadas às mulheres, em parte inspirada pelo discurso da Oprah (quem ainda não viu, é só clicar AQUI) Existem coisas que já sabemos, mas quando ouvimos de isso de outra pessoa, temos a possibilidade de enxergar o mundo pelos seus olhos e isso é muito precioso!

A Rainha de Espadas sempre foi conhecida como uma mulher forte, uma mulher desagradavelmente forte, por conta do seu intelecto desenvolvido, sua habilidade na estratégia e sua capacidade de argumentação. Estamos no século 21 e ainda vemos por aí mulheres que todos julgam como antipáticas por terem características que quando são encontradas em homens viram qualidades incríveis, magicamente. Tanto tempo de evolução e ainda vemos pessoas por aí que julgam alguém em função dos seus órgãos sexuais (pronto, falei!)

Compreender a Rainha de Espadas exige inteligência, lógica, lucidez. Mas não só isso! Também exige sensibilidade, empatia e um profundo respeito em relação às diferenças existentes em cada ser humano. Eu gosto dela, vocês já devem ter notado... Comecei olhando para ela, como se eu estivesse aqui e ela lá... Com o tempo, me vi no seu rosto por várias vezes: na necessidade de ficar só, a preferência por trabalhos mais mentais e introspectivos, o prazer em analisar situações e pessoas, o fascínio pelo entendimento da psique... Ok, isso não acontece só no aspecto mais bonitinho, mas também no cacoete do controle, a racionalização excessiva e a dificuldade de expressar sentimentos em alguns momentos. Esta é a Rainha de Espadas! E grande parte das mulheres que vivem neste mundo atual, provavelmente, se identifica com ela.

Numa quarta-feira de Mercúrio, alguém que possui tamanha habilidade com o uso das palavras é presença bem vinda por aqui. Que nós saibamos usar muito bem o talento da Rainha de Espadas em um dia em que a comunicação é o tema central.

Ótima quarta para todos nós!

A imagem veio daqui