6 de Ouros

segunda-feira, 5 de dezembro de 2016

Bom dia! :-)

Tudo que o Carro trouxe de agilidade física e motora (motor do carro, claro) na sexta-feira, ontem ele trouxe de agilidade mental, intuitiva e profissional. Em pleno domingo precisei passar umas boas horas concluindo pendências de consultas, tirando dúvidas de clientes e enviando por email orientações terapêuticas para uma cliente que fez o Mapeamento 2017. Triste por trabalhar no domingo? Nem um pouquinho! Cansada no final da noite? Um pouquinho...rsrs

A segunda-feira começa, ainda em ciclo de Carro, provavelmente com uma certa dinâmica característica deste Arcano, e com a regência do 6 de Ouros, um dos Arcanos Menores bonitões que fazem sucesso em qualquer lugar onde aparecem.

O 6 de Ouros é a carta da generosidade, aquela que facilita a resolução de questões, especialmente as materiais. Quem estiver precisando de uma ajudinha para resolver algum desafio, é provável que no decorrer do dia apareça alguma alma caridosa para assumir o papel. Mas não é só isso! O 6 de Ouros também fala do "vosso reino" e não só do "venha a nós" :-)

Sim, sim... Esta é uma carta que costuma fazer referência à balança da justiça. Nesta imagem (lindíssima, para enfeitar nossa segunda-feira) ela não aparece, mas nas cartas mais tradicionais é possível vê-la, pesando, medindo, avaliando. A balança representa a importância do equilíbrio entre o dar e o receber. Ela mostra o tanto que se faz necessário interagir com as pessoas de forma generosa tanto na hora de oferecer apoio quanto na hora de aceitar recebê-lo.

Sempre comento isto quando esta carta aparece aqui, mas vou cometer o exagero de repetir: parece que algumas pessoas nasceram só para servir e outras para serem servidas e isso é um erro! Precisamos desenvolver ambas as capacidades! Isso faz parte do equilíbrio humano. Eu aprendi a pedir há pouquíssimo tempo! Mas nunca é tarde para tentar, viu, amiguinhos?

Pois bem... Em uma segunda-feira de regência lunar, fico pensando aqui se a ajuda não será Divina. Levando-se em conta que hoje os temas que analisamos são a espiritualidade e a magia, talvez venha alguma graça, alguma bênção e certamente será muito bem recebida. Hoje também é um ótimo dia para travar diálogos, degustar prosas com nossos queridos protetores espirituais. Nem sempre falamos, mas eles estão sempre nos ouvindo. Não se esqueçam disso!

Ótima segunda para todos nós!

A imagem veio daqui

O Carro

domingo, 4 de dezembro de 2016

Bom dia! :-)

Mas é o Carro de novo? Sim, é ele de novo, dois dias depois. E ele chega agora com uma energia mais pura, regendo um ciclo sozinho, ao invés de reparti-lo com o Eremita, como foi na sexta-feira.

Não resisti e coloquei aqui minha imagem preferida de Carro. Por mim, devo confessar, colocaria somente esta imagem para as postagens de Carro para todo o sempre. É muito linda!

Então, estamos, novamente, nesta dinâmica de movimento, agilidade, crescimento, desenvolvimento... De quê ou de quem? De nós mesmos, levando-se em conta o domingão de regência solar, dia em que colocamos o foco no autoconhecimento e no trabalho interior.

Eu acordei com uma energia bem diferente da que eu fui dormir ontem. E creio que isso se deva a uma prática que estou fazendo dentro do Sagrado Feminino e que incluiu também uns sonhos diferentes e uma alteração de humor, que estava bem sossegado ontem de noite e que hoje amanheceu mais agitadinho...rs É  velha história do "tudo está interligado, conectado".

O ano está se encerrando e tenho feito minhas reflexões por aqui. Agora há pouco mesmo conversava com uma amiga e dizia que este foi um ano de desafios pessoais que foram bem administrados e concluídos, e de crescimento em termos profissionais e materiais (as duas coisas que sempre foram "Os" desafios da minha vida). Olhando cada detalhe, fazendo uma retrospectiva, percebo o tanto que amadureci nos últimos anos e consegui usar esta maturidade em termos bem práticos este ano. Fui mais disciplinada e organizada, ao mesmo tempo, mais flexível quando as coisas saíram do meu roteiro, como foi o caso da necessidade da mudança de casa. Junto com isso, a percepção de que o mundo vem me respondendo de forma muito generosa, como o fato de ter encontrado uma casa muito melhor e com o quintal dos meus sonhos, ou o fato de ter encontrado um carro usado para comprar no valor que eu podia pagar e em tão bom estado, ou ainda ganhar de presente de aniversário de uma amiga uma viagem nas férias, onde vivemos momentos incríveis, como sentir o vento totalmente aromatizado por uma imensa plantação de lavanda. 

Ao contrário do que eu poderia imaginar, quando os desafios começaram a surgir, 2016 é um ano para agradecer. Mas não creio que ele tenha vindo pronto, sabe? O resultado deste ano poderia ter sido outro se eu tivesse agido de outra maneira. As situações foram surgindo e eu fui administrando, algumas vezes com mais sabedoria, outras vezes de forma mais irritadiça, mas no final eu fui colocando as coisas no lugar ou, ainda, permitindo que elas se colocassem em seus devidos lugares, que depois eu descobri que eram os lugares ideais. A confiança, a aceitação, a entrega, mas também a atitude firme foram fundamentais para que eu chegasse aqui repleta de gratidão. E quero crer que quem seguiu comigo nesta egrégora pode também ususfruir desta energia. Como repito sempre nas consultas: não falo o que falo porque acho fácil... Falo o que falo porque acho difícil, mas já encarei e os resultados foram ótimos. ;-)

Pois bem... Que o domingo seja movimentado e traga desenvolvimento, evolução.

A imagem veio daqui


Rei de Paus

sábado, 3 de dezembro de 2016

Bom dia! :-)

Sobre a sexta-feira e o Carro, meu depoimento é: assustador! rs Eu poderia resumir bem o dia com algo como: um resultado muito positivo na eleição para diretor da escola, meu carro (finalmente e definitivamente) sem alarme disparado - carro, gente... CARRO! rs Andando e em harmonia com o universo - e um clima no setor de relacionamento afetivo que só anda para frente, que desenvolve, aperfeiçoa. Ou seja, eu tive uma sexta-feira absolutamente Carro, perfeitamente Carro. Amém...rs

Mas sigamos... Porque hoje temos um Rei de Paus, que está em sintonia com o Arcano regente do ciclo. Aliás, vamos lembrar de uma coisa: nosso ciclo é Eremita/Carro. Isso quer dizer: nem tão introspectivo e isolado quanto o Eremita e nem tão acelerado e impaciente quanto o Carro. Um equilíbrio das duas energia.

O Rei de Paus é criativo, ousado, apaixonado por ideias e projetos. Fora isso, ele é sempre uma presença de muita energia, praticamente um combustível para nos fazer seguir em frente com entusiasmo e determinação. Sempre que este Rei aparece é comum que se conquiste algo, que uma grande ideia comece a tomar forma e, em algumas vezes, até assumimos uma certa liderança diante de um grupo.

O sábado tem regência de Saturno e, portanto, podemos direcionar todas essas características do Rei de Paus para o desenvolvimento de projetos e a carreira profissional. Me gusta! Apesar de que eu confesso que neste sábado estou com uma "vibe" daquelas de sombra e água fresca...rs

Pois bem... Ótimo sábado para todos... Que o Rei de Paus se manifeste lindamente!

A imagem veio daqui


O Carro

sexta-feira, 2 de dezembro de 2016

Bom dia! :-)

Outro Arcano Maior, outro ciclo se inicia... Agora com uma energia bem diferente da que estava presente, ontem, por aqui. Por falar em ontem...rsrs

O Eremita foi a bênção da minha quinta-feira! Em volta (e no Facebook) um clima pesado, muita agressividade, mau humor, troca de acusações, julgamento, crianças brigando na escola... No entanto, consegui passar por tudo isso de uma forma tranquila (amém!) Consegui manter uma frequência positiva, consegui encontrar a luz dentro de mim e permiti que ela me orientasse.

Espero, sinceramente, que todos tenham vivenciado a paz madura e sábia do Eremita.

Mas vamos falar da sexta-feira que tem regência venusiana e do Arcano do Dia, o Carro. A primeira coisa que me vem à mente é a fluência do amor, dos sentimentos e das relações. O Carro é a expressão do movimento, do crescimento, do desenvolvimento e se todos esses conceitos estão direcionados para os domínios de Vênus, estou apostando em mudanças pra melhor.

Também vejo o Carro como uma carta energizadora e que propõe equilíbrio para que as coisas aconteçam. Basta olhar para a imagem e perceber que o casal de leões que puxa o carro está em sintonia amorosa e harmônica. É só imaginar a diferença entre uma canoa em que cada remador vai em uma direção oposta e outra canoa em que os remadores estão sincronizados e objetivando a mesma meta.

Para que o Carro nos leve nesta viagem incrível pelo reino de Afrodite, é preciso, antes de tudo, equilibrar, harmonizar, e depois deixar fluir.

Que assim seja!

A imagem veio daqui

O Eremita

quinta-feira, 1 de dezembro de 2016

Bom dia! :-)

Vou começar falando sobre ontem, como sempre, mas ao invés de colocar o foco no desafio pessoal do meu dia (alarme do carro voltou a disparar sozinho...rs), vou falar de outros desafios bem mais sérios e importantes. O Matheus é um menininho muito simpático que frequenta as consultas de fisioterapia da APAE junto com a minha sobrinha. Ele está precisando fazer uma cirurgia que é muito cara e a mãe anda fazendo mil coisas para angariar dinheiro. Neste domingo será a vez do bingo. Eu vou e fiquei muito feliz com o entusiasmo do meu filho em também ir para dar uma força. Estou chamando amigos e meu irmão e minha cunhada, que nos convidaram, também. Considero este tipo de atitude como um exercício de gratidão: com todos os pequenos problemas que surgem na nossa vida, temos consciência de que são pequenos problemas e existem pessoas com problemas bem maiores. Então compartilhamos nosso Amor e solidariedade dando graças a nossa própria vida e enviando graças para os outros.

Esta reflexão surgiu a poucas horas do Eremita chegar por aqui no Via Tarot. Esta carta que fala de sabedoria, maturidade e experiência de vida. De que vale o conhecimento racional, se não sabemos elaborar com sabedoria e amorosidade os nossos princípios e a nossa conduta. Na história da humanidade, tivemos diversos personagens muito inteligentes, mas bem pouco sábios e menos ainda amorosos.

O Eremita deixa claro que a luz está dentro de cada um e deve ser buscada como meta de vida. Apesar de a verdade estar lá fora (não poderia deixar de citar a frase de uma das séries que mais gosto...rs), é dentro que as maiores respostas se encontram. É no coração que realizamos a grande alquimia e que espalhamos Amor por todo o caminho.

Como na quinta-feira temos a regência de Júpiter e toda a sua relação com o poder, interior e exterior, autoridades e sorte, vamos colocar a energia do Eremita para funcionar como um grande poder a ser manifestado. Que o nosso poder seja a sabedoria e a capacidade de encontrar a luz dentro e iluminar tudo em volta. Que assim seja!

Ótima quinta para todos nós!

A imagem veio daqui

7 de Paus

quarta-feira, 30 de novembro de 2016

Bom dia! :-)

Pra variar, tenho pensado muito esses dias sobre a vida que se leva e o tanto que poderíamos mudar a nossa forma de ver o mundo e nos relacionar com o mundo.

Por exemplo, o 7 de Paus, uma carta muito associada às batalhas e desafios, é uma carta que levanta questões mas traz imediantamente as soluções. Esta é a carta da coragem... Ela tem uma energia intensa de força, de coragem, de determinação.

Houve um tempo em que eu curtia o conceito de batalha, "somos guerreiros", coisa e tal... Depois o tempo foi passando e eu concluí que quem é guerreiro procura guerras e eu estou bem mais a fim da paz. Já bastam as batalhas interiores, de superação de limites, bloqueios, ilusões... Não preciso de embates externos também. Então, olho para o 7 de Paus como uma carta de coragem e superação do maior desafio que existe e que está dentro de cada um de nós: a manifestação concreta do nosso ser essencial.

Ontem, conversando com o namorado, eu estava falando da frequência com que olho em volta e tenho a impressão de que as pessoas estão enlouquecendo. Não faço isso me colocando em uma condição superior, bem sei dos meus problemas e conflitos interiores... Mas estava analisando este processo louco de massificar informações de conflito, sofrimento, dor, revolta... e como as pessoas entram em uma catarse, uma explosão de emoções em desequilíbrio coletiva. O mundo sempre foi assim: coisas boas e coisas ruins acontecem. Mas o excesso de informações que invadem nossa casa e nossa mente acaba trazendo pro sofá da sala questões do outro lado do mundo, sendo que não resolvemos medianamente nem as questões interiores, nem as da nossa própria casa, nem do vizinho ou do trabalho. E dá aquela sensação de que precisamos "fazer algo", precisamos nos manifestar de alguma maneira. Sinceramente? Eu penso o tempo todo, falo pelos cotovelos, mas ando sem vontade de dar opinião em relação a tudo, me manifestar em relação a tudo. Tenho sido mais econômica com isso. E tenho percebido a enorme economia de energia que essa postura é capaz de gerar. Tenho guardado os meus pitacos mais pro Via Tarot :-)
Pois bem... Eu achei a carta lá de cima linda! Não pude deixar de postar... Mas também achei uma outra carta bem significativa e vou colocá-la aqui embaixo.

Reparem que nosso personagem está em batalha, mas prestem bem atenção nos seus pés. Ele usa um tipo de sapato nitidamente maior que o tamanho dos seus pés. E ele parece flutuar, como se, ao invés de se embrenhar na guerra, ele fizesse um voo baixo, pulando suavemente sobre os obstáculos. Parece uma estratégia bem interessante para encarar os desafios. Gostei!

Esta é a dica de hoje, uma quarta-feira de Mercúrio com influência do 7 de Paus... Transitem suavemente através e acima dos obstáculos, usem palavras precisas e estratégicas para driblar conflitos, exercitem o coração, vibrem amor e coragem para que o caminho seja mais tranquilo e mais pacífico.

Que a quarta seja de superação!

As imagens vieram daqui e daqui

10 de Ouros

terça-feira, 29 de novembro de 2016

Bom dia! :-)

Depois de dias transitando entre a espiritualidade, os planos, os sonhos e ilusões, finalmente conseguimos colocar os pés no chão. O 10 de Ouros é a garantia de uma visão prática, porém não fria... Aqui temos a capacidade de fazer o que precisa ser feito, mas com aquele "quentinho no coração", o aconchego que traz conforto.

Bem, vou começar esta postagem falando de algumas percepções que venho tendo por esses dias. O assunto é delicado e, portanto, peço calma. Respirem fundo, relaxem e reflitam comigo...

Desde que o Sol entrou em Escorpião, não sei se por mera coincidência ou o fato de namorar uma criatura de Escorpião (o que naturalmente puxa a minha atenção para este signo), comecei a notar um número significativo de pessoas que eu conheço ou que são muito próximas de pessoas que eu conheço morrendo. Tenho dito "o que está acontecendo que o povo tá morrendo sem aviso prévio?" Pois bem, assim a coisa está se processando. Por exemplo, desde domingo já se foram: a mãe de uma amiga querida, um ex colega de trabalho e o tio de uma seguidora do Via Tarot no FB, e estamos falando de pouco mais de 48h... Pra chamar mais atenção, balançando os braços diante dos meus olhos, hoje a história do avião da Chapecoense trazendo esta comoção nacional.

Vejam... Todos os dias, no planeta Terra, uma quantidade incrível de pessoas morre... E outra quantidade incrível nasce. O que nos faz ter a impressão de que tem muita gente morrendo é o grau de proximidade que temos com as pessoas que se vão. E, confesso, ficar imune a esses fatos é bem complicado. Eu, particularmente, com toda a bagagem espiritual que tenho, não sou nem um pouco jeitosa com assuntos de morte. Costumo dizer que podem contar comigo para os casos mais cabulosos psicológicos, emocionais, questões de relações de trabalho... Mas se o assunto é doença e morte, não contem comigo, sob o risco de desviar a atenção dos médicos e paramédicos para um possível desmaio. Graças aos deuses todos, há anos eu percebi o tamanho da sabedoria da Divindade, que fez cada um diferente do outro e cada um bom ou ruim em coisas diferentes. Assim, temos sempre como nos ajudar.

Bem, para que falei tudo isso? Para mostrar que somos submetidos a uma avalanche de informações diariamente. Algumas informações estão ligadas, diretamente, a nós. Outras não nos pertencem, mas invadem nossa casa, nossos ouvidos. Vamos aproveitar o 10 de Ouros, que fala, dentre outras coisas, de proteção e segurança, para tomar consciência disso... Já bastam os fatos que nos pertencem, que têm a ver diretamente com a nossa própria vida. Não vamos permitir que outras energia difíceis, tristes, frustrantes invadam nosso campo de energia. Vamos filtrar as informações...

O que mais podemos falar do 10 de Ouros? Podemos dizer que ele é lindo, fofo, querido...rs Ok... Podemos dizer que ele nos fala de processos de crescimento material, prosperidade, estrutura e organização dos aspectos materiais da vida, fala muito de família e deste elo que traz segurança e afetividade. Esta é uma carta extremamente positiva e capaz de providenciar coisas muito boas para o nosso dia. Vamos confiar nisso! ;-)

Ótima terça para todos nós!

A imagem veio daqui